Você está aqui: Página Inicial / Jornais / Peruíbe / Velhos caminhos revitalizados viram novos passeios
Peruíbe

Velhos caminhos revitalizados viram novos passeios

No passado, eram os jesuítas que caminhavam de um canto para o outro; agora, é você
por Redação Jornal Brasil Atual publicado 03/05/2013 17h32, última modificação 05/09/2012 16h24
No passado, eram os jesuítas que caminhavam de um canto para o outro; agora, é você

As ruínas do Abarebebê, parada obrigatória de quem faz o trajeto (Foto de divulgação)

 O  roteiro turístico – denominado Passos dos Jesuítas-Caminhos de Anchieta – foi desenvolvido pela Secretaria de Estado de Turismo, comandada por Márcio França. Peruíbe tem seu passado marcado pela presença de jesuítas e marcos históricos como as Ruínas do Abarebebê, alusivas ao padre jesuíta Leonardo Nunes. Segundo o secretário, “a ideia é realizar os caminhos nos moldes de Santiago de Compostella, na Espanha, que integrarão diversas cidades do Litoral Paulista”. 

O Passos dos Jesuítas pode ser feito a pé ou de bicicleta. O percurso remete aos locais pelos quais passou o padre José de Anchieta durante sua peregrinação no século XVI. A rota conta com duas opções. A primeira, com 320 km de extensão e duração de 14 dias, parte do entreposto de pesca de Peruíbe e vai até a Praia do Cruzeiro, em Ubatuba. Na outra, o trecho é mais curto: são 145 km, seis dias de percurso, e sai de Peruíbe e vai até o Forte São João, em Bertioga.  

O turista interessado deve se inscrever pela internet, no site www.turismo.sp.gov.br. Após a inscrição, ele receberá uma pulseira eletrônica de identificação. Ao passar pelos principais pontos da rota, totens vão enviar sua localização via internet, criando um registro eletrônico da rota percorrida. A pulseira dará aos caminhantes descontos em estabelecimentos como hotéis, pousadas e restaurantes ao longo do trajeto. 

registrado em: