Você está aqui: Página Inicial / Jornais / Limeira / Matheus vence prova de arremessos de três pontos
Limeira

Matheus vence prova de arremessos de três pontos

Ala do time Winner-Kabum Limeira vence final por 17 a 13 após duas rodadas de empates
por Redação Jornal Brasil Atual publicado 03/05/2013 17h31, última modificação 24/04/2013 11h48
Ala do time Winner-Kabum Limeira vence final por 17 a 13 após duas rodadas de empates

Campeão do torneio de arremessos de três pontos (Foto: Divulgação)

Matheus Dalla, o ala da equipe Winner-Kabum Limeira, foi o campeão do torneio de arremessos de três pontos, no Jogo das Estrelas do Novo Basquete Brasil (NBB). A competição foi dia 1º de março, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília. Matheus enfrentou cinco adversários – cada atleta arremessava 25 bolas de cinco posições diferentes, em um minuto. Os dois jogadores com mais acertos foram para a final, quando Matheus enfrentou o xará Matheusinho, do basquete Cearense. Houve então dois empates (de 19 pontos e 17 pontos) e a vitória de Matheus, por 17x13, veio no terceiro desempate. Além do troféu, ele recebeu R$ 5 mil da Liga Nacional de Basquete. “Fiquei feliz por ganhar a competição e com o reconhecimento dos torcedores de Limeira” – disse.
Matheus foi selecionado para o torneio de arremessos durante o intervalo do jogo  contra o Mogi das Cruzes. Ele conta que, após a classificação, pensava como seria o dia da competição em Brasília. “Só caiu a ficha que eu estava lá, na hora da apresentação dos outros jogadores.” Ele ficou nervoso, mas depois de arremessar a primeira bola, focou seu pensamento apenas nos arremessos. “Dei o melhor para trazer esse título para mim e para Limeira.”

Os planos do atleta

Matheus, 21 anos, gaúcho de Lageado, é uma promessa do basquete brasileiro. Seu interesse pelo esporte começou cedo. Criança, gostava de futebol. Aos 12 anos, por influência de amigos, foi para o basquete. O amor à primeira cesta fez com que ele integrasse o time de basquete da escola, que tinha parceria com o Clube Atlético Ubirajara. Ao terminar o colégio, Matheus foi convidado para jogar na equipe juvenil da Winner – ele é atleta do clube desde os 17 anos.
O basquete rendeu a Matheus bolsa de estudos integral no ensino médio e em parte do fundamental. Atualmente, o atleta cursa Educação Física na Faculdade Einstein de Limeira, também com bolsa obtida por meio do esporte. Matheus define o basquete assim: “Quem sou e tudo o que tenho é por causa dele. Se não fosse o basquete, eu não teria a educação que tenho hoje”.
Os bons ventos na carreira trazem ao jogador muitos planos. Este ano, ele vai se empenhar para que a Winner caminhe rumo à vitória do Campeonato Brasileiro. Além disso, Matheus sonha com a seleção de novos e, quem sabe, integrar a equipe da Olimpíada em 2016.