Você está aqui: Página Inicial / Esportes / 2015 / 06 / Quatro dias depois de reeleito, Blatter renuncia à presidência da Fifa

Futebol

Quatro dias depois de reeleito, Blatter renuncia à presidência da Fifa

Cartola não resiste a pressões em consequência de investigações sobre corrupção, e anuncia um congresso extraordinário da entidade
por Redação RBA publicado 02/06/2015 14h11, última modificação 02/06/2015 14h32
Cartola não resiste a pressões em consequência de investigações sobre corrupção, e anuncia um congresso extraordinário da entidade
Marcello Casal Jr / ABr
blatter.jpg

Denúncias e novas investigações cercam de suspeitas gestão de Blatter à frente da Fifa

São Paulo – O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, não resistiu às pressões causadas pelas denúncias de corrupção e anunciou hoje (2) sua renúncia ao cargo, apenas quatro dias depois de eleito para o quinto mandato. "Não pareço estar sendo apoiado pelo mundo do futebol", declarou, em entrevista coletiva convocada de última hora, na sede da entidade, em Zurique, Suíça. "Vou continuar a exercer minha função até um novo presidente ser escolhido."

Ele anunciou a convocação de um congresso extraordinário para escolha do novo mandatário do futebol mundial. Segundo Blatter, a nova eleição "ocorrerá em tempo suficiente para se encontrar os novos candidatos".

Na semana passada, sete dirigentes da entidade foram detidos, às vésperas da eleição, em consequências de investigações feitas nos Estados Unidos, com apoio de autoridades suíças. Um dos detidos foi o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin. O atual presidente, Marco Polo Del Nero, nem chegou a participar da votação, na sexta-feira (29) – voltou imediatamente para o Brasil.