Você está aqui: Página Inicial / Cultura / 2014 / 09 / Paranapiacaba tem feira literária até domingo

fliparanapiacaba

Paranapiacaba tem feira literária até domingo

Primeiro evento do gênero no ABC paulista, que começou nesta quinta-feira, tem debates, palestras, lançamento de livros, apresentações musicais e peças de teatro
por Rafael Revadam, do ABCD Maior publicado 04/09/2014 17h39
Primeiro evento do gênero no ABC paulista, que começou nesta quinta-feira, tem debates, palestras, lançamento de livros, apresentações musicais e peças de teatro
wikipedia
paranapiacaba

Fliparanapiacaba vai privilegiar os artistas regionais

A ideia nasceu inspirada na Feira Literária Internacional de Paraty (Flip). Após diversos encontros na Casa da Palavra, em Santo André, três escritores resolveram unir forças para trazer um evento de literatura ao ABC paulista. Aos poucos, pessoas começaram a se envolver na iniciativa. De troca em troca, cada um oferecia o que tinha. O espaço para sua realização foi cedido gratuitamente, as atrações também. Como um quebra-cabeça montado em coletivo, começa nesta semana a primeira edição da Fliparanapiacaba.

“O nosso objetivo é divulgar os autores da região”, diz Rosana Banharoli, uma das idealizadoras. “Queríamos realizar uma feira literária e escolhemos Paranapiacaba por ser um patrimônio histórico. Entramos em contato com a gerência da Vila, que apoiou a ideia e cedeu todos os espaços tombados para a realização do evento.”

Após o fechamento do local, a programação foi construída com ajuda de parceiros. A feira ganhava cada vez mais adeptos, que se voluntariaram para participar. “Nós temos recebido até hoje currículos fantásticos de autores, mas não temos mais espaços disponíveis ”, revela Rosana. Além de escritores, diversas empresas se envolveram com o evento, ajudando nos custos de produção e em publicidade.

As palavras e as caras

Assim como a Flip escolhe um autor para homenagear em suas atividades, a Fliparanapiacaba também selecionou uma personalidade para prestar honras em sua primeira edição. É a escritora Hilda Hilst. Conhecida como uma das maiores escritoras da língua portuguesa do século 20, Hilda escreveu diversas obras de ficção, poesias e peças de teatro, como Trovas de muito amor para um amado senhor e Cartas de um sedutor.

Realizada entre os dias hoje (4) e domingo (7), a Fliparanapiacaba trará diversas atrações à região. Hoje e amanhã, os eventos são voltados ao público infantil, com destaque aos espetáculos O mundo imaginário e O mistério dos 4Ps. Também haverá contações de histórias, intervenções na rua, além da instalação O mundo de dentro do mundo dos livros, realizada pela artista plástica Luiza Atallah.

Já no sábado e domingo, a programação é adulta e contará com palestras, exibições de documentários, saraus e rodas de literatura. Assim como o evento de Paraty, a Fliparanapiacaba trará diversas mesas literárias para debates com escritores.

No sábado, as conversas serão: Inclusão Social Através da Literatura, às 15h45, e o Sagrado e o Profano, às 17h15. Já no domingo, as conversas permearão sobre Como traduzir Literatura, às 11h, e Crítica literária, às 15h.

Vitrine para escritores

Realizada uma semana após a Bienal do Livro de S. Paulo, a Fliparanapiacaba é diferente. “Lá é pago, aqui é de graça. Na Bienal, os destaques são autores internacionais, blockbusters,  aqui queremos incentivar escritores da região”, explica Rosana. Impressionada com a repercussão  – no primeiro dia de divulgação o site oficial contou com 100 mil acessos –, Rosana não esconde a expectativa de realizar mais edições. “A prefeitura cogitou colocar a Fliparanapiacaba no calendário oficial de atrações do município, mas vamos esperar”, pondera.

Serviço

O que: Fliparanapiacaba

Quando: de hoje (4) a domingo (7)

Horário: a partir das 10h

Onde: diversos espaços da Parte Baixa da Vila de Paranapiacaba, a partir das 10h.

Quanto: gratuito

Mais informações: [email protected] Confra a programação completa aqui.