problemas

Falta de energia complica votação em regiões de Belo Horizonte

Apesar da ausência de eletricidade, as urnas funcionam normalmente, pois possuem baterias

José Cruz/Agência Brasil
Votação

Segundo a Cemig, ainda há clientes sem luz nos bairros Venda Nova, São Luís e no Planalt

São Paulo – Regiões de Belo Horizonte ficaram sem energia elétrica desde a a manhã deste domingo (28), depois de um forte temporal que caiu sobre a capital mineira no sábado. Por conta disso, algumas seções eleitorais tiveram problemas para as votações e os eleitores tiveram de enfrentar grandes filas. Apesar da falta de eletricidade, as urnas funcionam normalmente, pois possuem baterias para esse tipo de emergência.

Segundo o jornal Estado de Minas, eleitores que votam no antigo prédio da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no bairro Santo Antonio, localizado na região centro-sul da cidade, encontraram dificuldades. Uma árvore que caiu na rua e o trânsito era grande nas primeiras horas de votação.

Segundo a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), ainda há clientes sem luz nos bairros Venda Nova, São Luís e no Planalto, além de consumidores nas cidades de Vespasiano, Sabará, Caeté e Santa Luzia, na Grande Belo Horizonte.

Outro colégio afetado foi a Escola Municipal Professor Tabajara Pedroso, no bairro Candelária, centro da cidade. Ele está sem energia elétrica, mas a votação segue normalmente. 

Leia também

Últimas notícias