Incentivo à leitura

Empregados da Caixa fazem doações de livros para escolas e ONGs de nove estados

Iniciativa da Fenae e Apcefs, projeto Biblioteca Renovada destinará ao todo 3 mil livros paradidáticos para crianças e adolescentes

Secom/Maceió
Projeto Biblioteca Renovada já entregou 25 mil livros da literatura brasileira em escolas públicas do país

São Paulo – Ao todo, 3 mil livros paradidáticos serão entregues nesta quarta-feira (26) em escolas e Organizações não-governamentais (ONGs) de nove estados, beneficiados pelo projeto Biblioteca Renovada da plataforma digital Eu faço Cultura, uma iniciativa da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e das Associações do Pessoal da Caixa (Apcefs). Criado em 2016, o projeto, que já entregou 25 mil livros nas cinco regiões do país, tem como objetivo incentivar o hábito da leitura e renovar o acervo das bibliotecas das escolas públicas com autores da literatura brasileira. Só em São Paulo, quatro escolas da área rural de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, serão contempladas, além de cidades em Alagoas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná e Tocantins.

Amargando baixos índices de leitura, segundo a 4ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil desenvolvida pelo Instituto Pró-Livro que registrou uma média 2,43 livros lidos por ano pelo brasileiro, o diretor sociocultural da Fenae, Moacir Carneiro explica ser “obrigação das instituições fomentar cada vez mais um hábito tão importante para formação do indivíduo”. Realizado pelas associações, a iniciativa conta com o apoio de milhares de empregados da ativa e aposentados da Caixa Econômica, que destinam seus impostos para a renda do projeto.