Você está aqui: Página Inicial / Educação / 2015 / 10 / Programa discute papel de escola, profissionais e comunidade na educação

Dia do Professor

Programa discute papel de escola, profissionais e comunidade na educação

"Bom para Todos", da TVT, discute realidades distintas que afetam o ambiente das salas de aula e conceitos de pedagogia e participação que podem mudar a produção de conhecimento
por Redação RBA publicado 15/10/2015 19h00, última modificação 15/10/2015 19h01
"Bom para Todos", da TVT, discute realidades distintas que afetam o ambiente das salas de aula e conceitos de pedagogia e participação que podem mudar a produção de conhecimento
Reprodução/Bom para Todos

São Paulo – Não há um único dia em que não se ouça falar do ensino no país. É a pouca qualidade das escolas, é a violência de alunos, é o celular em sala de aula, são os baixos salários dos mestres, são as greves por melhores condições de trabalho. No Japão, a única pessoa para quem o Imperador se curva é o professor. A nossa realidade é outra. E diante dela, quem ainda quer ser um docente? “Profissão: Professor” foi o tema do programa Bom Para Todos, exibido ontem (14) pela TVT.

Maria Izabel Noronha, presidenta da Apeoesp, o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo, fala sobre a como a categoria travou a batalha da greve mais longa da história, sem negociação ou atenção do governo de São Paulo, e como ainda busca a devida valorização dos profissionais em um estado que não prioriza a educação. “Eu acredito que foi a confirmação de que esses sucessivos governos que estão à frente da gestão paulista não têm a educação como prioridade, muito menos os professores”, afirma.

O programa faz uma leitura da realidade na rede estadual de ensino com o professor Felipe Oliveira Campo, que aos 28 anos leciona História e Sociologia no município de São Bernardo do Campo. Disputar com os celulares, a atenção do aluno, segundo ele, é uma briga desleal. “O mundo particular deles está dentro de um aparelho, (e nessa situação) você não consegue viver o ambiente em que você está”. Para Felipe, o problema não está exatamente nos jovens, uma geração que muitas vezes não vê o sentido da escola como uma produtora de conhecimento.

A diretora Ana Elisa Siqueira implementou na escola municipal Desembargador Amorim Lima, no bairro paulistano do Butantã, o projeto de educação “Escola sem paredes”, que une comunidade, alunos, pais e professores em prol da construção de uma instituição que não se destina obsessivamente a formar profissionais. “Que sejam pessoas presentes, atuantes, vivas, inteiras. Um projeto de escola tem de dar esse sentido pra vida das pessoas.”

"Profissão: Professor" reúne uma diversidade de relatos e reflexões sobre os desafios e a importância da profissão, caminhos de formação, a realidade do trabalho e ideias para melhorá-la. O Bom para Todos traz sempre um tema de interesse de cidadania e prestação de serviço. Vai ao ar toda quarta-feira, às 20h, e pode ser visto também pelo tvt.org.br.

Assista abaixo à edição de ontem, em homenagem ao Dia do Professor.

Parte 1

Parte 2

Parte 3