Home Educação Patrono da educação, Paulo Freire é homenageado em Brasília com exposição e livro

Patrono da educação, Paulo Freire é homenageado em Brasília com exposição e livro

Publicado por Redação da RBA
Compartilhar:   

Exposição sobre Paulo Freire ocupa salão da Biblioteca Nacional de Brasília (Foto: José Cruz/ABr)

São Paulo – O educador Paulo Freire, que na segunda-feira (16) foi oficialmente declarado patrono da educação brasileira,  será homenageado na 1ª Bienal do Livro e da Leitura de Brasília, que vai até a próxima segunda-feira (23). O educador também é tema de um livro do sociólogo e professor da Universidade de Brasília (UnB), Venício A. Lima. A segunda edição de “Comunicação e Cultura: As ideias de Paulo Freire” será na próxima quinta (19), às 19h30, como parte das comemorações.

Paulo Freire, educador e filósofo, foi considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia mundial, influenciando o movimento chamado pedagogia crítica.  Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio seu caminho, em vez de passivamente acompanhar o método educacional que lhe fosse imposto.

Freire ganhou 41 títulos de doutor honoris causa de universidades como Harvard, Cambridge e Oxford. Foi preso em 1964, exilou-se depois no Chile e percorreu vários países, sempre levando seu modelo de alfabetização. Retornou ao Brasil em 1979, após a publicação da Lei da Anistia.

A homenagem, proposta originalmente pela deputada Luiza Erundina (PSB-SP), foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff na última sexta-feira (13) como a Lei 12.612/2012. Freire foi secretário da Educação durante a gestão de Erundina na prefeitura de São Paulo (1989-1993).

Exposição

Também em homenagem ao educador, a Biblioteca Nacional de Brasília abriga a exposição “Sonhando com Paulo Freire” que vai até segunda-feira.

“Paulo Freire completaria 90 anos em 2011. Então, resolvemos fazer um projeto para homenageá-lo”, contou Tania Quaresma, curadora da exposição. A exposição é composta por 34 painéis com os temas: infância, alfabetização, família, ideias e ideais, o retorno (do exílio), alumbramentos, a obra, encantamento, poética, círculos de cultura, solidário.