Copom

Taxa de juros fica inalterada pela quinta vez seguida

Selic continua em 6,50% ao ano

juros

Resultado da reunião do Copom, mais uma vez, veio em linha com a expectativa dos analistas do ‘mercado’

São Paulo – Pela quinta vez seguida, a taxa básica de juros foi mantida em 6,50% ao ano. A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, no início da noite de hoje (31), foi unânime.

“Indicadores recentes da atividade econômica continuam evidenciando recuperação da economia brasileira, em ritmo mais gradual que o vislumbrado no início do ano”, diz o Comitê em nota divulgada logo depois da reunião. “O cenário externo permanece desafiador, com apetite ao risco em relação a economias emergentes aquém do nível vigente no início do ano.”

Para a Força Sindical, o “excesso de conservadorismo” do Copom” faz com que o governo preste “um desserviço à erno presta um desserviço à classe trabalhadora e à sociedade brasileira ao apostar todas as suas fichas, mais uma vez, no fraco desempenho da economia”.

Já a Confederação Nacional da Indústria (CNI) considerou a decisão acertada, diante do atual ambiente econômico. Para a entidade patronal, a retomada de uma trajetória de queda dos juros depende das ações do próximo governo – como de hábito, a CNI defende a “reforma” da Previdência, além da tributária.