Emprego

Indústria paulista fecha 152.500 postos de trabalho em 2016

Foi o sexto ano seguido de retração. Apenas de 2014 a 2016 foram perdidas 518 mil vagas

Volkswagen
Volkswagen

Setor automobilístico cortou 16.532 vagas no ano passado

São Paulo – A indústria paulista fechou 152.500 postos de trabalho em 2016, queda de 6,58% no nível de emprego, segundo divulgou hoje (19) a Fiesp. Foi a sexta retração seguida, em ritmo um pouco menos intenso do que em 2015, quando foram eliminadas 235.500 vagas (-9,29%). Apenas nos três últimos anos, o setor cortou 518 mil empregos.

Entre os segmentos, o de produtos de metal fechou 17.569 vagas, queda de 10%. Percentualmente, o maior corte ocorreu em metalurgia, onde o emprego diminuiu em 20,46%, com eliminação de 12.854 postos de trabalho. A área de veículos automotores, reboques e carroceria perdeu 16.532 (-7,13%).

A queda foi maior na Grande São Paulo, onde o emprego caiu 7,39%. No interior, a retração foi de 6,20%.

De 22 setores, 21 tiveram fechamento de vagas no ano passado. Segundo análise da federação, a tendência para este ano é de estabilização.