olho aberto

Em dia de Black Friday, Proteste alerta sobre juros abusivos no cartão de crédito

De acordo com estudo da Associação de Consumidores, taxa de juros do cartão de crédito é de 436% ao ano. Brasil cobra os juros mais altos da América Latina

Marcos Santos/USP Imagens
cartão de crédito.jpg

Juros altos nos cartões de crédito acontecem pela não regulamentação do limite, afirma Proteste

São Paulo –  A técnica da Associação de Consumidores (Proteste) Renata Pedro adverte os consumidores que farão compras durante a chamada Black Friday, que ocorre hoje (25), em praticamente todo o território nacional. Ela afirma que os clientes devem estar atentos ao “descontrole” nas compras no cartão de crédito, meio de pagamento que cobra a maior taxa de juros do mercado financeiro brasileiro, podendo chegar a 436% ao ano.

“No cartão de crédito há vários problemas além dos juros pelo atraso do pagamento, como o parcelamento da fatura e saque em caixas eletrônicos. O consumidor tem de estar atento à forma que utilizará o cartão, sem gastar mais do que pode pagar. Hoje há um problema grande que é o limite alto no cartão que as operadoras oferecem ao consumidor, e o cliente bate o limite de forma desordenada e não consegue pagar a fatura”, adverte, em entrevista à Rádio Brasil Atual, ao frisar que o crédito oferecido pelas operadoras não pode ser considerado como renda pelo consumidor.

Ouça: