Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2015 / 10 / Produção de poços do pré-sal triplicou em menos de três anos

petróleo

Produção de poços do pré-sal triplicou em menos de três anos

Experiência com exploração e desenvolvimento offshore permitiu à Petrobras atingir a marca de 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia, marca obtida em setembro
por Douglas Correa, da Agência Brasil publicado 29/10/2015 12h46
Experiência com exploração e desenvolvimento offshore permitiu à Petrobras atingir a marca de 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia, marca obtida em setembro
Arquivo/EBC
petro

Petrobras atingiu combinação única de custos, produtividade e eficiência: histórico de exploração offshore

Rio de Janeiro – A diretora de Exploração e Produção da Petrobras, Solange Guedes, disse ontem (28), na Offshore Tecnology Conference Brasil (OTC), no Rio de Janeiro, que o tempo de construção dos poços do pré-sal desde 2010 teve uma redução significativa de mais de 50% e destacou a alta produtividade nessa atividade. A produção triplicou nos últimos 30 meses, com a eficiência operacional da companhia tendo atingido 92,4%, na média dos últimos três anos.

Solange disse que a experiência adquirida ao longo da exploração e do desenvolvimento offshore foi determinante para que a empresa atingisse a marca de 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia no pré-sal, obtida em setembro. “A Petrobras atingiu uma combinação única de custos, produtividade e eficiência. Como consequência, um portfólio muito competitivo”, acrescentando que o histórico de exploração offshore da Petrobras desde a década de 70 possibilitou o sucesso na exploração do pré-sal.

O campo de Libra, na região do pré-sal na Bacia de Santos, teve quatro poços perfurados até agora e o primeiro teste de longa duração ocorrerá em 2017.  “A primeira fase do desenvolvimento da produção se concentrará na área nordeste de Libra. O primeiro teste de longa duração está previsto para o primeiro trimestre de 2017 e o projeto-piloto para 2020”, disse a gerente executiva da Petrobras para a área de Libra, Anelise Lara.

Anelise ressaltou a importância das sociedades de profissionais na disseminação de conhecimento para as novas gerações de técnicos da indústria de óleo e gás e elogiou a atuação integrada da equipe multidisciplinar de projetos de Libra, que inclui colaboradores das cinco empresas participantes do consórcio que atua na área, formado pelas empresas Shell, Total, CNPC, CNOOC e Petrobras.

registrado em: ,