Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2013 / 05 / Com produção quase estável, Fiesp revê para baixo estimativas do PIB

Marcha lenta

Com produção quase estável, Fiesp revê para baixo estimativas do PIB

"Nosso ânimo diminuiu", diz diretor da entidade
por Redação da RBA publicado 28/05/2013 15h58
"Nosso ânimo diminuiu", diz diretor da entidade

São Paulo – A atividade industrial paulista teve leve alta (0,2%) de março para abril, segundo dados divulgados hoje (28) pela Federação das Indústrias do Estado (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias (Ciesp). As entidades revisaram para baixo sua estimativa tanto para o PIB brasileiro, de 3% para 2,5%, como o industrial, de 2,4% para 1,9%. Para o PIB do primeiro trimestre, que será divulgado amanhã (29) de manhã pelo IBGE, a projeção é de 0,8%.

Eu diria que o ânimo com o qual entramos em 2013, prevendo taxa de crescimento de 3%, diminuiu”, afirmou o diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Fiesp e do Ciesp, Paulo Francini. “O resultado do primeiro trimestre – provavelmente errático nos meses de janeiro, fevereiro e março – ficou aquém das nossas expectativas e isso nos obrigou, e eu diria que obrigou a todas as entidades que fazem previsões, a rever os prognósticos.”

A produção industrial mostra desempenho melhor na comparação com abril do ano passado, com crescimento de 10,4%. Em 12 meses, o nível de atividade da indústria foi negativo em 1%. De janeiro a abril deste ano, a atividade subiu 4,3% sobre igual período de 2012.

Fiesp e Ciesp estimam que o nível de emprego deve crescer 1% em 2013, ante 1,6% na projeção anterior. A expectativa para a atividade é de alta de 3,2% – a anterior era de 2,3%.


 


registrado em: , ,