Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2013 / 01 / IGP-M sobe menos em janeiro, mas taxa em 12 meses se aproxima de 8%

IGP-M sobe menos em janeiro, mas taxa em 12 meses se aproxima de 8%

FGV destaca alta em itens de alimentação, como hortaliças e frutas
por Redação da RBA publicado 30/01/2013 12h53, última modificação 30/01/2013 12h54
FGV destaca alta em itens de alimentação, como hortaliças e frutas

São Paulo – No primeiro mês do ano, o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) teve variação de 0,34%, bem abaixo de dezembro (0,68%) e acima de janeiro do ano passado (0,25%), segundo informações divulgadas hoje (30) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A variação em 12 meses voltou a se aproximar dos 8% e atingiu 7,91%, a mais elevada desde setembro (8,07%).

Dos três componentes do IGP-M, os preços ao produtor (IPA, responsável por 60% da taxa geral) passou de 0,73%, em dezembro, para 0,11%. Os preços ao consumidor (IPC, 30% do total) passou de 0,73% para 0,98%, com destaque para a alta do grupo Alimentação – de 1,29% para 1,97%. E o INCC (custos de construção) teve variação de 0,39%, ante 0,29% no mês anterior.

Ainda no grupo Alimentação, a FGV ressaltou o comportamento dos itens hortaliças e legumes (de 1,85% para 15,58%) e frutas (de 0,55% para 4,60%).