Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2013 / 01 / BNDES quer investir quase R$ 2 trilhões nos próximos três anos

BNDES quer investir quase R$ 2 trilhões nos próximos três anos

por Flávia Villela, da Agência Brasil publicado 22/01/2013 11h40, última modificação 22/01/2013 11h59

Rio de Janeiro - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve investir entre 2013 e 2016 R$ 1,858 trilhão. No ano passado, os investimentos totais foram da ordem de R$ 156 bilhões, uma alta de 12% em comparação com 2011. Entre 2008 e 2012, os valores alcançaram R$ 2,394 trilhões. Os números foram divulgados hoje (22) pelo presidente do banco, Luciano Coutinho, na sede da instituição no centro do Rio de Janeiro.

Os números não incluem o setor de habitação. “Com essa área, acreditamos que o investimento seja um pouco mais forte que o conjunto que está apresentado. Estamos observando uma melhoria e estamos no caminho de acelerar o crescimento”, informou Coutinho, que garantiu que o nível recorde de consultas e aprovações de novos projetos mostra disposição de investimento, um aumento de 60% e 58%, respectivamente, em relação a 2011.

Entre os setores informados pelo BNDES, o da indústria foi o que recebeu mais investimentos em 2012, R$ 847 bilhões, e será o maior beneficiado nos próximos três anos. Foram investidos no ano passado R$ 359 bilhões em infraestrutura, e a perspectiva é que receba mais R$ 498 bilhões entre este ano e 2016. O setor de serviços teve investimentos de R$ 159 bilhões do banco em 2012 e os próximos investimentos serão da ordem de R$ 219 bilhões. Os demais setores receberam juntos R$ 1,858 bilhões e devem receber nos próximos três anos pouco mais de R$ 1 bilhão.

O volume de recursos liberados para micro, pequenas e médias empresas foi o maior da história do banco: R$ 50,1 bilhões.