Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2012 / 11 / FAO diz que preços dos alimentos em 2012 registraram queda de 8% na comparação com 2011

FAO diz que preços dos alimentos em 2012 registraram queda de 8% na comparação com 2011

por Renata Giraldi, da Agência Brasil publicado 08/11/2012 13h34, última modificação 08/11/2012 13h34

Brasília – Os preços dos alimentos no mundo sofreram uma queda média de 8%, segundo índice da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). Os dados se referem ao período de janeiro a outubro de 2012 em comparação aos mesmos meses de 2011. Os produtos que registraram queda nos preços foram os cereais, o azeite e o óleo. Porém, os produtos lácteos e o açúcar registraram alta nos preços.

O estudo Perspectivas Alimentares, informe bianual elaborado pela FAO sobre os mercados mundiais e publicado hoje (8), destacou que a diminuição dos preços internacionais e dos fretes, juntamente com a diminuição das compras de cereais, poderia diminuir o interesse mundial pela importação de alimentos em 2012.

A FAO calcula que o gasto mundial com a importação de alimentos deva chegar a US$ 1,14 bilhão em 2012, montante 10% menor do que o recorde de 2011.

Para o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, um conjunto de ações conseguiu conter a tensão para evitar a alta dos preços e ajudou a prevenir o pânico e a evitar que a pior seca em décadas se convertesse em uma crise de preços de alimentos, como já ocorreu no passado. Ele alertou ainda que a seca e as inundações não são responsáveis pelas crises, e sim a falta de governança. “Em um mundo globalizado, não podemos concentrar a segurança alimentar em apenas um país ou região. Temos de fortalecer a governança mundial e a segurança alimentar”, disse Graziano.

registrado em: , , ,