Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2010 / 03 / ICV desacelera para 0,59% em fevereiro

ICV desacelera para 0,59% em fevereiro

Segundo o Dieese, maiores altas foram dos setores de alimentação, habitação e transportes, enquanto equipamento doméstico e vestuário recuaram
por Vitor Nuzzi, da RBA publicado 09/03/2010 12h01, última modificação 09/03/2010 12h02
Segundo o Dieese, maiores altas foram dos setores de alimentação, habitação e transportes, enquanto equipamento doméstico e vestuário recuaram

São Paulo - O Índice do Custo de Vida (ICV), calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) para o município de São Paulo, teve inflação de 0,59% em fevereiro, ante 1,72% no mês anterior. Segundo o Dieese, o principal fator de pressão partiu do grupo Alimentação, com alta de 1,19%, contribuindo com 0,33 ponto percentual para a inflação do mês passado. Habitação (alta de 0,87%) e Transporte (0,41%), somados à Alimentação, contribuíram com 0,60 ponto percentual. Já os grupos Equipamento Doméstico (-0,29%) e Vestuário (-0,79%) colaboraram negativamente com -0,03 ponto percentual.

Com o resultado de fevereiro, o ICV está acumulado em 2,32% no ano e em 5,72% em 12 meses.

Ainda no grupo Alimentação, os produtos in natura e semielaborados subiram 1,91% no mês passado, com destaque para hortaliças (13,96%, alta generalizada em decorrência das chuvas), legumes (8,25%) e frutas (6,19%).