Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2010 / 01 / Lula defenderá reforma do sistema financeiro mundial em Davos

Lula defenderá reforma do sistema financeiro mundial em Davos

por Natuza Nery publicado 26/01/2010 17h46, última modificação 26/01/2010 17h48 © Thomson Reuters 2010. All rights reserved

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, participam da cerimônia de lançamento da Bolsa Copa e da Bolsa Olímpica (Foto: Antônio Cruz/ABr)

Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defenderá no Fórum Econômico Mundial a reforma do sistema financeiro internacional, a conclusão da rodada de Doha e uma reforma abrangente da Organização das Nações Unidas. As informações foram dadas nesta terça-feira pelo porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach.

"O presidente voltará a defender a urgência da reforma da arquitetura financeira internacional e a busca de lançar bases para uma nova governança", afirmou.

Lula embarca na quarta-feira (27) para Davos, na Suíça. Durante o Fórum, o presidente falará da experiência do Brasil para enfrentar a crise financeira.

"O presidente sublinhará a urgência de um processo abrangente de reforma da ONU, de modo a mantê-la no centro da ordem mundial", acrescentou Baumbach.

A primeira participação de Lula no Fórum foi em 2003, mas desde 2006 o presidente não comparece ao evento. Nesta noite, ele participa de evento da 10a edição do Fórum Social Mundial, em Porto Alegre.

Fonte: Reuters