Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2009 / 09 / País terá juros de 2% a 2,5% no próximo governo, diz Paulo Bernardo

País terá juros de 2% a 2,5% no próximo governo, diz Paulo Bernardo

por Daniel Lima e Kelly Oliveira publicado 15/09/2009 11h37, última modificação 15/09/2009 11h40

O ministro do Planejamento Paulo Bernardo (Foto: Antonio Cruz/ABr)

Brasília - No próximo governo, o Brasil terá taxas de juros em um patamar muito baixo como ocorre em países de primeiro mundo, afirmou nesta terça-feira (15) o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

O ministro espera que a taxa de juros reais (descontada a inflação) fique entre de 2% a 2,5%. Paulo Bernado afirmou que evita falar que isso ocorrerá em 2010 para que a declaração não seja interpretada como “eleitoreira”, já que as eleições ocorrem no próximo ano.

Ele acrescentou que as condições para que o país tenha taxa mais baixa são a inflação controlada, bons fundamentos macroeconômicos e dívida do setor público em queda. “O Brasil está mudando e vai mudar mais rapidamente ainda”.

Paulo Bernardo fez as declarações ao chegar para a reunião extraordinária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, que vem acompanhando a crise mundial.

Fonte: Agência Brasil

registrado em: , ,