Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2009 / 07 / Produção industrial tem alta em maio

Produção industrial tem alta em maio

Na comparação com abril, a expansão foi de 1,3%, registrando o quinto resultado positivo consecutivo; ante maio de 2008, no entanto, houve queda de 11,3%, segundo o IBGE
por Thais Leitão publicado 02/07/2009 10h55, última modificação 02/07/2009 10h56
Na comparação com abril, a expansão foi de 1,3%, registrando o quinto resultado positivo consecutivo; ante maio de 2008, no entanto, houve queda de 11,3%, segundo o IBGE

Rio de Janeiro - A produção industrial cresceu 1,3% em maio em relação ao resultado de abril, quando a alta havia sido de 1,2%. Foi o quinto resultado positivo consecutivo neste tipo de comparação.

Em relação ao desempenho verificado no mesmo período do ano passado, no entanto, a atividade fabril teve queda de 11,3%, no sétimo resultado negativo.

De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos últimos 12 meses encerrados em maio, a produção industrial acumula queda de 5,1%. Esse resultado é 1,2 ponto percentual inferior ao de abril e representa a taxa mais baixa desde o início da série histórica da Pesquisa Industrial Mensal, em 1991.

O levantamento aponta que, desde o início deste ano, a atividade fabril no país acumula expansão de 7,8%, mas, em relação ao acumulado nos cinco primeiros meses de 2008, houve queda de 13,9%.

Em maio, houve aumento de produção em 20 dos 27 ramos observados, especialmente nas indústrias farmacêutica (9,7%), de veículos automotores (2,0%) e metalurgia básica (3,1%).

Em movimento oposto, as principais quedas foram verificadas em fumo (-8,4%), produtos de metal (-3%) e borracha e plástico (-2,7%).

Para o IBGE, os resultados de maio "reforçam os sinais de recuperação no ritmo da atividade fabril".

Fonte: Agência Brasil

 

registrado em: ,