Home -Destaques da home Evo Morales é reeleito presidente da Bolívia para quarto mandato
governo popular

Evo Morales é reeleito presidente da Bolívia para quarto mandato

Atual presidente, em sua terceira reeleição ele obteve 46,87% dos votos, ante 36,72% de Carlos Mesa
Publicado por Helder Lima, da RBA
22:43
Compartilhar:   
José Cruz/Agência Brasil

Morales: "Não quero ser o melhor presidente da história da Bolívia, quero ser o presidente da melhor Bolívia da história"

São Paulo – Evo Morales conseguiu a terceira reeleição e irá para seu quarto mandato na Bolívia. O atual presidente obteve 46,87% dos votos, ante 36,72% de Carlos Mesa, seu principal opositor, com 96% dos votos apurados, segundo informações da Telesur. Pelas regras eleitorais do país, são necessários 50% dos votos válidos ou mais de 40% e 10% a mais que o segundo colocado.

Ainda no domingo (20), Evo acreditava numa vitória ainda na primeira volta do processo eleitoral. A apuração de boca de urna dava 8 a 9% de vantagem para Morales. O presidente confiava que os votos nas províncias no oeste do país, com eleitorado majoritariamente indígena, fariam a diferença.

“Todos os dias começamos a trabalhar antes das cinco da manhã e terminamos depois da meia-noite. Entregamos trabalhos em três e até cinco departamentos todos os dias. Não quero ser o melhor presidente da história da Bolívia, quero ser o presidente da melhor Bolívia da história “, disse recentemente o presidente indígena sobre uma eventual reeleição.

O Tribunal Constitucional da Bolívia autorizou em novembro de 2017 a repostulação de Morales nas eleições presidenciais deste 20 de outubro.

Morales aspira a manter o país como líder do crescimento econômico na América Latina e referência na distribuição de riqueza.

Os votos no exterior também deram grande vantagem para Morales. Entre os expatriados, o atual mandatário possui 60,35% dos votos, contra 26,73% do principal adversário. Entre os votantes no Brasil, 70,58% chancelaram a reeleição do presidente boliviano.