Hoje às 21h

Na TVT: ‘Dedo na Ferida,’ o poder do sistema financeiro sobre a política e a vida

Em um mundo que vive uma sucessão de crises econômicas e humanitárias, “Dedo na Ferida” mostra o poder do sistema financeiro de causar e se alimentar delas

Divulgação

São Paulo – Tempos sombrios. O mundo se depara com a perda progressiva de direitos sociais e com o ressurgimento de movimentos de extrema-direita. Para tratar sobre as responsabilidades pelo planeta ter chegado a esse estado, o cineasta Silvio Tendler produziu o documentário Dedo na Ferida (2017). O filme trata do fim do Estado de bem-estar social em uma conjuntura na qual a lógica homicida do capital financeiro inviabiliza qualquer alternativa de justiça social. Em nome dos interesses do grande capital internacional, um pequeno grupo comanda o destino dos recursos do planeta.

Dedo na Ferida relembra as quebras de bolsas de valores, estouros de bolhas especulativas e a falência de países com algumas consequências bem distintas. Em uma delas, milhões de famílias foram parar na extrema pobreza. Em outra, especuladores do sistema financeiro viram oportunidade para aumentar capital, poder e influência.

O sistema financeiro abandonou o papel de “atravessador” e se assumiu como fim principal das transações econômicas. Dedo na Ferida discute o retrocesso ideológico a posições neoconservadoras pautadas pelo empobrecimento da classe média, a falência dos Estados e o desemprego. Ganhou prêmio de melhor documentário no Festival do Rio 2017, pelo júri popular.

Em entrevista à Revista do Brasil, Silvio Tendler falou sobre o mundo que vasculhou para fazer Dedo na Ferida. “‘Tenho convicção de que expeliremos o ‘cancro”, disse, sobre o sistema financeiro

Confira o trailer. E assista às 21h desta terça, na TVT

FICHA TÉCNICA
Entrevistas: Yanis Varoufakis, Boaventura de Sousa Santos, Costa-Gavras, Celso Amorim, David Harvey, Maria José Fariñas Dulce, Paulo Nogueira Batista Jr, Oscar Oliveira, Gianni Tognoni, João Pedro Stedile, Guilherme Mello, Guilherme Boulos, Ladislau Dowbor, Luis Nassif, Raquel Rolnik, Anderson Marinho Ribeiro, Bruno W. Medsta, Keith Cattley e Laura Carvalho. Participação Musical: Grupo Código. Direção e Roteiro: Silvio Tendler. Argumento: Silvio Tendler, Keith Cattley e Sérgio Barbosa de Almeida. Produção Executiva: Ana Rosa Tendler. Diretora Assistente: Lilia Souza Diniz. Assistentes de Direção: Álvaro Lazzarotto e Ludmila Curi. Fotografia: Lúcio Kodato. Narração: Eduardo Tornaghi.
Nesta quarta (7) às 21h – Reprise no sábado (10), 21h