RÁDIO BRASIL ATUAL

Lucas Santtana apresenta disco-manifesto contra o neofascismo

Cantor e produtor canta as músicas de seu último álbum ‘O Céu É Velho Há Muito Tempo’, no programa Hora do Rango, a partir do meio-dia

REPRODUÇÃO
Lucas Santtana é multi-instrumentista e já colaborou com Chico Science e Nação Zumbi, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Marisa Monte

São Paulo – O cantor, compositor e produtor musical Lucas Santtana apresenta as canções do seu álbum O Céu É Velho Há Muito Tempo no programa Hora do Rango, a partir do meio-dia, nesta quarta-feira (12).

O disco-manifesto convoca um despertar para o combate ao neofascismo vigente no país, desde a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência, mas busca trazer uma sensação de acolhimento em tempos tão sombrios.

Seja nas canções mais amorosas ou nas mais políticas, o álbum é apresentado de modo simples, em melodias melancólicas levadas ao violão.  “Brasil patriota/ só na hora do gol/ Brasil patriota/ só na hora do show/ mas quando a lama avança/ a pátria não é tão gentil/ o Supremo rasga a Carta, a clava mata no covil“, canta Lucas Santtana, em tom crítico, na canção Brasil Patriota.

O cantor é filho do produtor musical e tropicalista Roberto Sant’Ana e, graças ao pai cresceu no meio artístico, frequentando a casa de artistas como Caetano Veloso, entre outros. Roberto é primo do cantor e compositor Tom Zé.

Além disso, Lucas é multi-instrumentista e já colaborou com Chico Science e Nação Zumbi, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Marisa Monte. Suas canções já foram gravadas por nomes como Céu, Marisa Monte e Arto Lindsay. Ao todo, o artista já lançou oito discos autorais na carreira.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.