Home Cultura Com poesia e música, Eduardo Santhana lança ‘A Coragem de ser Poeta’
Notas e versos

Com poesia e música, Eduardo Santhana lança ‘A Coragem de ser Poeta’

"Hora do Rango" desta quinta-feira apresenta autor conhecido por criar arranjos para poemas. Último trabalho de Santhana traz versos de José Eduardo Camargo
Publicado por Luciano Velleda, para a RBA
17:44
Compartilhar:   
Divulgação

"A Coragem de ser Poeta" é o 7º álbum solo de Eduardo Santhana que estará nesta quinta-feira na Rádio Brasil Atual

São Paulo — O programa Hora do Rango da quinta-feira (28) recebe o cantor e compositor Eduardo Santhana, a partir do meio-dia, na Rádio Brasil Atual. Autor de músicas já gravadas por Jane Duboc, Ronnie Von, Lucinha Lins, Alaíde Costa, Lucila Novaes, Bruna Caram, entre outros artistas, o paulistano lançou em 2019 o seu 19º álbum. Intitulado A Coragem de Ser Poeta, musica poesias de José Eduardo Camargo.

Ao todo, Eduardo Santhana tem 19 discos e três DVDs gravados na carreira, sendo quatro deles com o parceiro Juca Novaes, e oito CDs e dois DVDs com o grupo Trovadores Urbanos, do qual faz parte desde 1990. Em carreira solo são sete álbuns, o primeiro lançado em 2008, Gerar e Nascer um Canto de Amor e Aconchego, idealizado pelo homeopata Yechiel Moises Chencinski e o ginecologista e obstetra Eliezer Berenstein, com temas voltados à maternidade e aos cuidados com o bebê.

Em 2010 veio o segundo disco, o CD/DVD Eduardo Santhana Voz e Pianos, com participação dos pianistas Amilton Godoy, Ivan Lins, João Donato, Hermeto Paschoal, Leila Pinheiro, Jane Duboc, Benjamim Taubkin, Laércio de Freitas, João Carlos Martins, José Miguel Wisnik, Maurício Gaetani, Marcos Nimrichter e Michel Freidenson, além das vozes de Olivia Hime e Simone Guimarães.

No ano seguinte, Eduardo Santhana apresentou o álbum Para Ruth, com poemas do jurista Ives Gandra dedicados à esposa Ruth. Em 2013 lança o disco Canções e, em 2015, reaparece com o álbum Ruth e Eu, novamente musicando poemas de Ives Gandra. Em 2016, o disco Paulo Bomfim – Porta Retratos.

Em sua trajetória, Santhana criou o projeto “Musicando Poesias”, unindo música e poesia para crianças e jovens, por meio dos versos de Alberto Caeiro (heterônimo de Fernando Pessoa), Carlos Drummond de Andrade, José Saramago, Mario Quintana, Paulo Bomfim, Ariano Suassuna, Cecília Meireles, Vinícius de Moraes, entre outros.

Ao apresentar arranjos feitos para poesias de grandes mestres de épocas diferentes, Eduardo Santhana procura abrir novas possibilidades artísticas, fazendo da poesia e da música um elemento único a ser descoberto e apreciado.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.