Home Cultura Trio Madimboo revira a cultura de Recife no álbum de estreia, “Flertar é Humano”
Contradições humanas

Trio Madimboo revira a cultura de Recife no álbum de estreia, “Flertar é Humano”

Trabalho transita entre ritmos regionais brasileiros com elementos do pop, do rock e da música eletrônica
Publicado por Luciano Velleda, para a RBA
11:10
Compartilhar:   
André Soares/Divulgação

Álbum "Flertar é Humano" apresenta 11 faixas, nove inéditas e duas regravações

São Paulo — O trio pernambucano Madimboo é o convidado do programa Hora do Rango desta quarta-feira (16), a partir do meio-dia, na Rádio Brasil Atual. Criado há cinco anos por três músicos da banda do cantor Johnny Hooker, Artur Dantas (voz), Felipe Rodrigues (guitarra) e Thiago Duarte (bateria), o trio lança agora seu primeiro álbum, Flertar é Humano, unindo ritmos regionais brasileiros e latinos com elementos do pop, do rock e da música eletrônica.

“Recriamos alguns clássicos da cultura pop recifense, como numa mixtape, quase esquecida, marcada pelos ritmos da província, dos gostos e desgostos provocados por ela. As contradições humanas são o abre alas no ensaio sobre a cidade. O Recife como ponto de partida. O amor e o amor ao ódio flertando em linha reta com a cultura do mundo. Recife quase engolido, refletido no espelho. Voltamos para casa, encontramos tudo revirado e, na dúvida, continuamos flertando”, explica Artur Dantas, autor das 11 faixas do disco de estreia, entre inéditas e duas regravações: Camomila e Caetano Veloso, inspirada no cantor e compositor baiano, que fez sucesso na voz de Hooker.

Gravado entre dezembro de 2018 e maio de 2019, em Recife, Flertar é Humano conta com a participação da cantora Natália Meira, Catarina Dee Jah, Feiticeiro Julião e Alan Amezon, além de Johnny Hooker. O trio Madimboo apresenta o primeiro álbum em show nesta quinta-feira (17), na Fauhaus, e no próximo dia 27, na Casa Natura, ambas em São Paulo.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e também premiado pela APCA, recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.