Home Cultura Artista e “homem de negócios”, Fióti apresenta seu talento com a voz e o violão
gente bonita

Artista e “homem de negócios”, Fióti apresenta seu talento com a voz e o violão

Empresário, sócio do selo Laboratório Fantasma, cantor e compositor se apresenta no "Hora do Rango" desta quarta-feira, a partir do meio-dia, na 98.9 FM de São Paulo
Publicado por Felipe Mascari
11:27
Compartilhar:   
ENIO CESAR/DIVULGAÇÃO

Após emprestar sua voz em diversas participações musicais, Fióti se lançou como artista, em 2016, quando lançou seu disco. No EP, ele investe no baião, no samba, no samba-rock e no ijexá

São Paulo – Fióti é o convidado do programa Hora do Rango desta quarta-feira (18), a partir do meio-dia, na Rádio Brasil Atual. O empresário, sócio do selo Laboratório Fantasma, cantor e compositor utiliza seu talento com a voz e o vilão para cantar e reforçar a autoestima e a beleza do povo brasileiro, assim como fez em seu disco de estreia, o EP Gente Bonita, de 2016.

Evandro Roque de Oliveira, ou simplesmente Evandro Fióti, é empresário do rapper Emicida, seu irmão. Em 2009, ajudou a fundar o Laboratório Fantasma, empresa que gerencia carreiras de outros artistas da cena rap, como Rael e Kamau. Derivado do selo, os irmãos criaram a Lab, marca de roupas que debutou na São Paulo Fashion Week, em 2017.

Entretanto, não é só nos bastidores que Fióti mostra sua força. Após emprestar sua voz em diversas participações musicais, ele se lançou como artista, em 2016, quando lançou seu disco. No EP, ele investe no baião, no samba, no samba-rock e no ijexá – ritmo oriundo da cidade de Ilesa, na Nigéria. “O primeiro filho planejado do casamento feliz de Fióti com a música. É sério. Você já viu mil crianças nessa vida, mas quando chega a sua vez de gerar uma é especial”, afirmou, definindo dessa forma seu trabalho.

Depois de um hiato, Fióti lançou um novo material no último dia 13. Em parceria com o grupo Tuyo, eles gravaram juntos versões de Será que eu me permito?, do cantor paulista, e Vida Loca”, da banda paranaense. Eles definem essa conexão como a “potencialização de uma admiração mútua em encontros enriquecedores”.

Ouça


O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.