Técnica apurada

Virtuose e sentimento marcam a surpreendente música de Fábio Peron

Revelação do país e gravando junto com nomes renomados, artista conta sua trajetória no programa "Hora do Rango" desta quarta-feira, ao meio-dia na FM 98,9

Reprodução/YouTube
Com vários álbuns lançados em poucos anos e tocando ao lado de músicos consagrados, Fábio Peron se firma como um dos grandes nomes do país

São Paulo — Expoente da nova geração de músicos brasileiros, Fábio Peron é o convidado do programa Hora do Rango desta quarta-feira (28), a partir do meio-dia, na Rádio Brasil Atual. A iniciação musical começou muito cedo, por volta dos 5 anos de idade. E deu resultado. Misturando técnica com sentimento, Peron tem se dedicado a composição, pesquisas e arranjos de vários estilos da música internacional, combinando tais influências com o virtuosismo, o ritmo e a harmonia de suas melodias.

Seu currículo inclui shows e gravações ao lado de alguns dos maiores nomes da música brasileira, como Paulo Vanzolini, Amilton Godoy, Arismar do Espírito Santo, Thiago Espírito Santo, Yamandu Costa, Hamilton de Holanda, Naylor “Proveta” Azevedo, Alessandro Penezzi, Mestrinho, entre outros.

Em 2011, Fábio Peron lançou seu primeiro álbum, intitulado Fábio Peron em Boa Companhia. Em 2013 veio o disco Roupa na Corda, ao lado de Arismar do Espírito Santo e Lea Freire. No ano seguinte, gravou Alma de Músico, com Thiago Espírito Santo e Mestrinho do Acordeon. E em 2015 lançou seu segundo trabalho solo, Fábio Peron e a Confraria do Som, no qual conta com as participações de Arismar do Espirito Santo, Thiago Espirito Santo, Izaías Bueno de Almeida, Alexandre Ribeiro, Ricardo Herz, Chico Pinheiro e Zé Barbeiro, entre outros. No ano seguinte, mais um álbum, Afinidades, em trio ao lado de Zé Barbeiro e Danilo Silva.

Ainda em 2016, lançou, ao lado de Gian Correa, Fernando Amaro e André Mehmari, o projeto Esmê, que conta com músicas do chorão Esmeraldinho Sales e variações sobre sua obra. Em 2018, Peron lançou os álbuns Folia de tReis, em parceria com Edu Ribeiro e Toninho Ferragutti, e Jacob 100 Anos – Sentimento e Balanço, com Joel Nascimento.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.

Leia também

Últimas notícias