Home Cultura Em novo álbum, Bernardo Lobo homenageia o compositor Marcos Valle
Nesta quinta-feira

Em novo álbum, Bernardo Lobo homenageia o compositor Marcos Valle

Obra reúne novas versões para canções clássicas de Valle e uma música inédita composta em parceria por ambos
Publicado por Luciano Velleda, para a RBA
06:53
Compartilhar:   
Gabriela Perez/Divulgação

“Ele é um compositor plural, sem fronteiras, que transita por vários ritmos, da bossa ao pop, com propriedade e sem perder sua assinatura", diz Bernardo Lobo sobre o homenageado

São Paulo — O programa Hora do Rango desta quinta-feira (11) recebe o cantor e compositor Bernardo Lobo, que acaba de lançar o álbum Uma viola mais que enluarada Bernardo Lobo canta Marcos Valle, com novas versões para composições de Marcos Valle e duas parcerias de Lobo com o homenageado, uma delas inédita. Gravado entre São Paulo, Rio de Janeiro e Portugal, o projeto nasceu de uma sugestão feita em 2015, nos bastidores de um espetáculo que reuniu Wanda Sá, Carlos Lyra, Marcos Valle e Bernardo. “Depois do show, o produtor Álvaro Fernando, meu primo e fã do Marcos, entrou no camarim e me fez o convite: ‘Bena, você topa gravar um disco só com canções do Marcos?’ Eu topei ali, na hora. Fomos todos jantar, contamos pro Marcos e ele adorou a ideia”, recorda Bernardo.

Pertencente a uma geração de grandes nomes da música brasileira, Marcos Valle é uma forte influência na carreira de Bernardo Lobo. “Ele é um compositor plural, sem fronteiras, que transita por vários ritmos, da bossa ao pop, com propriedade e sem perder sua assinatura. Sempre busquei essa diversidade no meu trabalho, essa liberdade de buscar novos caminhos, com originalidade. Marcos me disse que sou o primeiro artista a homenageá-lo com um disco inteiro, isso me orgulha muito”, afirma o intérprete.

No novo álbum, as duas parcerias de Bernardo e Marcos Valle são Menina das Nuvens, que havia sido gravada no disco anterior, e Menino Guerreiro, única inédita. “Essa nossa segunda parceria foi feita em homenagem ao meu filho Antônio, que nasceu prematuro. Marcos ficou tocado com a história, foi para o piano, fez a primeira parte da música e me mandou. Fiquei emocionado e acabei fazendo a segunda parte, fechei a canção”, conta Lobo, ele próprio filho de um grande amigo de Valle, o compositor Edu Lobo.

No álbum recém-lançado, Marcos Valle participa ao piano e nos vocais em Menina das nuvens. O disco reúne ainda músicos de nacionalidades distintas, como os brasileiros Carlos Malta, Fred Martins e João Ventura, o baterista inglês Chris Wells, o baixista de Cabo Verde Rolando Semedo, a violoncelista portuguesa Sandra Martins e o acordeonista argentino Marcos Facundo Gomes.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.