Home Cultura Blues Etílicos sacode o programa ‘Hora do Rango’ nesta sexta-feira
35 anos na estrada

Blues Etílicos sacode o programa ‘Hora do Rango’ nesta sexta-feira

Grupo formado nos anos 1980 já tocou com alguns dos maiores nomes do blues mundial e inspirou a formação de outras bandas do gênero no Brasil
Publicado por Luciano Velleda, para a RBA
06:48
Compartilhar:   
Divulgação

Com 10 álbuns lançados em 35 anos de carreira, banda vem ao programa para relembrar sua trajetória e tocar ao vivo

São Paulo — A banda Blues Etílicos deve agitar o estúdio da Rádio Brasil Atual no programa Hora do Rango desta sexta-feira (12). Formado no Rio de Janeiro em 1985, o grupo é um dos maiores nomes do blues nacional, tendo lançado 10 álbuns e um DVD em mais de 30 anos na estrada. Durante esse período, aliar a densidade do blues e a energia do rock com o balanço da música brasileira se tornou a marca da banda.

Formada por Otávio Rocha (guitarra), Flávio Guimarães (gaita), Cláudio Bedran (baixo), Beto Werther (bateria) e Greg Wilson (voz e guitarrista), o grupo já se apresentou com alguns dos maiores nomes do blues mundial, como B. B. King, Robert Cray e Buddy Guy.

 O primeiro álbum, Blues Etílicos, foi lançado em 1987. Na sequência vieram Água Mineral (1989), San Ho Zay (1990) e IV (1991). O álbum San Ho Zay vendeu 35 mil cópias, sendo o disco mais vendido de uma banda de blues brasileira em todos os tempos. O último álbum, 30 anos, gravado ao vivo e lançado em 2015, marcou as três décadas dessa grande banda nacional de blues.

No programa desta sexta, os integrantes devem rememorar a longa trajetória do grupo, com muitas histórias e, como não poderia faltar, muito blues ao vivo.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.