Home Cultura Trupe Chá de Boldo lança marchinha contra especulação imobiliária em São Paulo
Parque do Bixiga

Trupe Chá de Boldo lança marchinha contra especulação imobiliária em São Paulo

Letra é inspirada na disputa entre o apresentador Silvio Santos e o ator e diretor Zé Celso. Dono do SBT quer construir prédios em área de tradicional bairro paulistano
Publicado por Redação RBA
18:03
Compartilhar:   
Pedro Bonacina e Theo Craveiro/Divulgação
Trupe Chá de Bolso na Rádio Brasil Atual

A música começou a ser composta em 2017, quando houve uma audiência entre Silvio Santos e Zé Celso Martinez

Ô Silvio, assim fica difícil
Nenhuma pipa sobe mais 
Onde só cresce edifício
Deixa pra lá esse negócio
De topa tudo por dinheiro
Muito melhor que um milhão
É gozar bela vista
O ano inteiro

São Paulo – Por essa, é provável que Silvio Santos não esperasse. Versos entoados pelo popular apresentador e dono do SBT durante tempos foram a inspiração para a criação de uma música que pretende animar o carnaval da cidade de São Paulo. É a marchinha Parque do Bixiga, da Trupe Chá de Boldo.

Gustavo Galo, cantor e compositor do grupo, explica que a marchinha surgiu em 2017, época em que Silvio Santos intensificou sua intenção de construir edifícios no terreno localizado ao lado do Teatro Oficina, no bairro da Bela Vista, conhecido como Bixiga, na região centralda cidade. Naquele ano, uma audiência pública foi realizada entre o apresentador, o ator e diretor José Celso Martinez Corrêa, o Zé Celso, o vereador Eduardo Suplicy (PT) e o ex-prefeito e atual governador João Doria (PSDB).

“Começamos a bolar a música e partimos logo desse começo, brincando um pouco com a própria marchinha que o Silvio Santos cantou durante tantos anos: ‘A pipa do vovô não sobe mais…a pipa do vovô não sobe mais…’ Brincamos com isso, mas ainda não imaginávamos que iria virar uma marchinha”, explica Galo. “E a partir daí foi ganhando corpo com a própria marchinha do Silvio Santos”, diz ele, durante entrevista para Fabiana Ferraz, apresentadora do programa Manhã Brasil Atual.

O cantor e compositor da Trupe Chá de Boldo lembra que a música ficou um tempo “adormecida”, apesar da intenção de retomá-la em função do avanço da especulação imobiliária na cidade de São Paulo.

“O parque do Bixiga é uma necessidade para a cidade, para o Bixiga, é uma luta que, se não me engano, tem quase quatro décadas.”

Ouça a entrevista na íntegra