Para dançar

Ellen Oléria recebe convidados para o show ‘Baile da Nêga’

Com Alma Thomas e Walmir Borges, apresentação no Sesc Belenzinho reverencia música negra com muito soul, samba e funk

Helen Salomão/Divulgação
Oléria

Show faz parte do projeto Música Preta, que apresenta o som das diásporas africanas e protagonismos políticos

Como nos bailes de salão de antigamente, a cantora Ellen Oléria transforma a Comedoria do Sesc Belenzinho em uma grande pista de dança na sexta-feira, dia 7 de julho. Nesta edição do Baile da Nêga, Oléria se reúne com os intérpretes Alma Thomas e Walmir Borges para celebrar a música negra brasileira. O show faz parte do projeto Música Preta, que apresenta o som das diásporas africanas e dos protagonismos políticos, principalmente das vertentes feministas e outros ativismos periféricos.

Funks, souls e sambas fazem parte da set list do espetáculo, que deve contar com as músicas 5 Minutos, de Jorge Ben Jor, Ilê Ayé, de Paulinho Camafeu, Descobridor dos Sete Mares, de Tim Maia, Bananeira, de João Donato e Gilberto Gil, entre outras.

O Baile da Nêga nasceu em Brasília, em 2014, quando Ellen Oléria convidou Sandra de Sá e Paula Lima para a primeira edição. Sempre com Oléria como anfitriã, o evento já contou com a participação do cantor e compositor brasileiro Lazzo Matumbi e a cantora e instrumentista cubana Yusa.

Baile da Nêga
Quando:
sexta-feira, 7 de julho, às 21h30
Onde: na Comedoria do Sesc Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000, São Paulo (SP)
Quanto: R$ 20,00 (inteira), 10,00 (meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado e dependentes)
Duração: 1h30
Classificação: 18 anos
Mais informações: (11) 2076-9700/ www.sescsp.org.br/belenzinho

Leia também

Últimas notícias