Home Cultura Fábricas de Cultura abrem estúdios musicais na periferia de SP
gravação

Fábricas de Cultura abrem estúdios musicais na periferia de SP

Músicos profissionais e iniciantes podem gravar seus trabalhos gratuitamente, em estúdios com tratamento acústico, equipamentos e auxílio técnico
Publicado por Redação da RBA
10:59
Compartilhar:   
reprodução/TVT
estúdio

Nos estúdios, todos os gêneros são comtemplados

São Paulo – Músicos profissionais e iniciantes agora tem a oportunidade de gravar seus trabalhos em estúdios públicos, gratuitos, nas periferias de São Paulo. A iniciativa faz parte do projeto Fábricas de Cultura, do governo do estado.

Os estúdios foram montados em cinco pontos de cultura, na capital: Capão Redondo e Jardim São Luís, na zona sul, e no Jaçanã, Brasilândia e na Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte.

Os espaços contam com acústica adequada, todo o equipamento necessário, além do apoio de dois responsáveis técnicos.

Segundo Bia Sindona, programadora da Fábrica de Cultura do Capão Redondo, as periferias de São Paulo produzem muita cultura, mas boa parte do trabalho musical acaba não sendo divulgada por causa dos custos. O valor de uma hora de gravação e mixagem em um estúdio privado pode chegar até a R$ 150.

“Qualquer artista da comunidade, seja iniciante ou profissional, pode se inscrever na Fábrica, e aí os técnicos vão entrar em contato com ele pra que possa vir agendar um horário de gravação”, explica a programadora. Para gravar uma segunda faixa, é necessário entrar novamente na fila, explica a programadora.

O baixista José Jorge Silva Filho aprovou: “A gente costuma ir a alguns estúdios de gravação profissional que, às vezes falta microfone, falta peça. Quando tem essa oportunidade, a galera abre o olho e fala ‘nossa, que legal'”.

Para realizar a gravação, é necessário que o candidato vá pessoalmente até uma das Fábricas de Cultura que tenham os equipamentos. Para a inscrição é necessário documento de identificação com foto e um comprovante de endereço recente.

Mais informações no site fabricasdecultura.org.br

registrado em: