De graça, de 7 a 16 de junho

Rock inglês é tema de mostra de cinema que começa nesta sexta

Além de Rockumentários, mostra sobre filmes britânicos contemporâneos faz parte do 17º Festival Cultura Inglesa

divulgação
rolling stones

‘Crossfire Hurricaine’ celebra os 50 anos dos Rolling Stones

Começam hoje duas mostras cinematográficas gratuitas que fazem parte do 17° Festival Cultura Inglesa: uma de filmes britânicos contemporâneos e outra de “rockumentários”, documentários sobre bandas e movimentos do rock’n’roll vindos da Inglaterra. Haverá exibições em São Paulo, Campinas, Santos, São José dos Campos e Sorocaba. Na capital paulista, as sessões serão realizadas no Museu da Imagem e do Som (MIS) e no Cine Livraria Cultura, no Conjunto Nacional.

A mostra Rockumentários apresentará filmes sobre os Rolling Stones, Arctic Monkeys, Radio Head, The Libertines, Michael Caine e Julie Christie. Em Tonite Let’s All Make Love in London, o diretor Pete Whitehead captura a efervescência cultural de Londres durante a década de 1960. Ele percorre casas de show fazendo entrevistas sobre temas variados e filmando as performances psicodélicas de bandas como Pink Floyd, The Animals e Rolling Stones. Trata-se de um retrato alucinante de uma Londres que começava a fervilhar contracultura nas artes e nos costumes.

Crossfire Hurricaine celebra os 50 anos dos Rolling Stones. O documentário, produzido pela própria banda, mostra a trajetória do grupo liderado por Mick Jagger desde o início, nos anos 1960. Rockumentários apresenta também Arctic Monkeys Live at The Apollo, Meeting People is Ease, que acompanha o Radiohead durante a turnê do álbum OK Computer, e The Libertines – There Are no Innocent Bystanders.

Já a Mostra de Cinema Contemporâneo Britânico traz os produções inéditas lançadas no último ano. The Spirit of ’45 mostra como o ano de 1945 foi decisivo na história britânica. Dirigido por Ken Loach – um renomado cineasta britânico de esquerda –, o filme narra as mudanças políticas e sociais do Reino Unido depois da Segunda Guerra.

Em London: The Modern Babylon, o Julien Temple mistura imagens e áudios de arquivo com depoimentos de famosos sobre a história da capital inglesa. Não é de se estranhar que o filme tenha uma rica trilha sonora: o diretor e documentarista já assinou filmes sobre os Sex Pistols, David Bowie, The Clash, entre outros grandes nomes do rock.

Up There, de Zam Salim, conta a história de Martin, um burocrata de meia-idade que morre e vai para o purgatório, onde tem a interminável função de receber os recém-falecidos enquanto espera seu lugarzinho no céu. O diretor, cujo filme recebeu dois prêmios no Bafta Scottish Films Awards e um no Festival de Santa Bárbara (EUA), participa de um bate-papo com o público na quinta-feira (13), às 19h, no MIS-SP.

Os filmes Cockneyvs Zombies eSightseers também têm projeções previstas em todas as cidades onde o festival ocorre. Serão apresentados curtas-metragens brasileiros antes da exibição dos filmes das duas mostras.

O Festival Cultura Inglesa começou no dia 17 de maio e termina no dia 30 deste mês. A programação conta com shows, exposições, intervenções culturais pelas ruas, espetáculos de dança e de teatro.

 

Serviço:

Mostras de cinema

Quando: de 7 a 16 de junho

Onde: Museu da Imagem e do Som (Av. Europa, 158) e no Cine Livraria Cultura (Av. Paulista, 2.073)
Quanto:
Grátis, com retirada de ingressos 1 hora antes da exibição do filme.

Confira a programação completa em http://festival.culturainglesasp.com.br