Home Copa 2018 França x Argentina e Uruguai x Portugal: cinco Copas em campo neste sábado
A bola rola

França x Argentina e Uruguai x Portugal: cinco Copas em campo neste sábado

Oitavas de final do Mundial da Rússia começam com duas partidas que reúnem três campeãs da competição e a seleção detentora do título da Eurocopa de 2016
Publicado por Redação RBA
08:14
Compartilhar:   
Creative Commons
oitavas de final da copa 2018

Messi, Mbappé, Suárez e Ronaldo: os principais personagens das oitavas de final da Copa do Mundo neste sábado

São Paulo – França e Argentina abrem às 11h deste sábado (30), em Kazan, as oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, em um duelo que, pelo menos no papel, deve ser o de nível técnico mais elevado da segunda fase.

Em termos de valores, nenhum outro jogo reúne atletas tão valiosos. A seleção francesa é considerada, segundo levantamento do CIES Football Observatory, a mais “cara”, levando-se em conta os prováveis valores das transferências de seus jogadores. O time de Kylian Mbappé custa € 1,410 bilhão, sendo que a Argentina, de Lionel Messi, é a quinta colocada neste ranking, com um elenco que soma € 925 milhões. Além disso, são dois títulos mundiais dos sul-americanos e um dos europeus.

Até agora, contudo, o desempenho de ambas as equipes têm sido abaixo do esperado. A Argentina esteve à beira da desclassificação na fase de grupos, garantindo a vaga somente aos 40 da etapa final na partida contra a Nigéria. Já a França teve uma classificação mais tranquila, porém, sem o brilho esperado em função de seu elenco estelar.

Segundo a imprensa argentina, hoje o técnico Jorge Sampaoli perdeu o comando de sua equipe, o que teria ficado evidente na comemoração do segundo gol contra a Nigéria, ocasião em que o treinador celebrou sozinho. Os hermanos têm ainda seis jogadores pendurados: Otamendi, Mercado, Acuña, Banega, Mascherano e Messi, lembrando que os cartões são zerados somente para as semifinais.

O treinador Didier Deschampsmanifestou sua principal preocupação em relação à partida. “Messi, é o Messi. Você só tem que olhar para as estatísticas dele: 65 gols em 127 jogos, isso significa tudo. Em termos absolutos, significa que temos que neutralizá-lo porque ele pode fazer a diferença com poucas coisas. Ao jogar Argentina e Messi, existem várias soluções a serem consideradas. A Argentina é muito experiente, não é só o Messi”, afirmou, em entrevista coletiva nesta sexta (29).

Uruguai e Portugal. E também Barcelona e Real Madrid

Às 15h, em Sochi, Uruguai e Portugal se enfrentam com dois astros do futebol espanhol em campo. Pelo lado sul-americano, Luis Suárez, atacante do Barcelona, é o destaque da equipe, enquanto o craque do Real Madrid Cristiano Ronaldo, melhor jogador do mundo de acordo com a eleição da Fifa, tenta repetir o milagre da Eurocopa de 2016, quando foi o principal destaque da equipe campeã.

Em entrevista coletiva, Suárez admitiu a rivalidade com o português, mas colocou a rixa em segundo plano no duelo. “Estamos todos aqui a defender a nossa seleção, isso é fundamental. O Ronaldo vai dar tudo para ganhar e nós também. Em relação à rivalidade nos clubes, isto é diferente. Tentamos fazer o melhor possível para a nossa seleção”, afirmou.

O técnico lusitano, Fernando Santos, minimizou os confrontos individuais e relativizou a importância do astro da equipe. “Portugal ou qualquer outra equipe do mundo depende sempre dos melhores jogadores. Como o Uruguai depende de Suárez e Cavani. Mas se Cristiano jogar sozinho Portugal vai perder”, vaticinou.