suando a camisa

Campeões do mundo tropeçam na primeira rodada da Copa

Dos sete que estão na Rússia, só três ganharam. A Alemanha, atual dona da taça, perdeu. E a Itália, tetracampeã, nem viajou

campeoesmundo-arte.jpg

São Paulo – Em 20 edições, a Copa do Mundo teve oito campeões, cinco da Europa e três da América do Sul. Sete estão na Rússia – a tetracampeã Itália tropeçou nas eliminatórias e não passou da repescagem, contra a Suécia. Mas os levantadores de taças passaram maus bocados na primeira rodada. Apenas três ganharam, mas tiveram de molhar a camisa. Quatro empataram e a atual campeã, Alemanha, protagonizou ontem (17) a primeira surpresa do torneio, perdendo para o sempre complicado time do México por 1 a 0.

Na tarde desta segunda-feira (18), foi a vez de a Inglaterra suar frio para conseguir uma vitória por 2 a 1 nos últimos instantes, contra a Tunísia. De cabeça, para variar. No sábado (16), a França sofreu para vencer a Austrália, pelo mesmo placar, com participação da tecnologia, que fez o árbitro marcar um pênalti e mostrar que a bola havia passado a linha de gol em outro lance.

A terceira vitória de um campeão mundial aconteceu no segundo dia da competição, sexta-feira, quando o Uruguai, também no fim, passou pelo Egito. 

Argentina (1 a 1 contra a Islândia), Brasil (1 a 1 contra a Suíça) e Espanha (3 a 3 diante de Portugal) ficaram no empate, com direito a pênalti perdido por Messi e um empate arrancado pelos portugueses no “crepúsculo do jogo” – como diria o narrador Fiori Gigliotti –, com um belo gol de Cristiano Ronaldo, sempre ele.

Na quarta-feira (20), o bicampeão Uruguai volta a campo às 12h (horário de Brasília) para enfrentar a Arábia Saudita. A Espanha joga no dia seguinte, contra o Irã (15h), que por enquanto lidera o Grupo D, depois de vencer Marrocos. Na quinta (21), mais dois duelos envolvendo campeões mundiais: França x Peru (12h) e Argentina x Croácia (15h).

Em busca da primeira vitória, a seleção brasileira enfrenta Costa Rica às 9h da sexta-feira (22). E no sábado, às 15h, a Alemanha vai para o tudo ou nada, em duelo europeu contra a Suécia. A segunda partida dos ingleses será diante do Panamá, domingo, às 9h.

Na história das Copas, que começou com vitória e final sul-americana (Uruguai, em 1930, contra a Argentina), a supremacia é europeia. São 11 títulos conquistados, ante nove da América do Sul. Essa vantagem foi obtida depois de três conquistas seguidas: Itália em 2006, Espanha em 2010 e Alemanha em 2014. Nas duas primeiras, as decisões foram entre europeus.