Você está aqui: Página Inicial / Cidades / 2011 / 03 / Eletropaulo registra 30 mil reclamações e culpa árvores pela falta de energia

Eletropaulo registra 30 mil reclamações e culpa árvores pela falta de energia

por Jorge Américo publicado 15/03/2011 17h20, última modificação 15/03/2011 17h22

Ao lado do banco Santander, a Eletropaulo é a empresa que menos se importa com as queixas dos consumidores, segundo o Procon paulista (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil - Arquivo)

São Paulo - Nos meses de janeiro e fevereiro, a Eletropaulo – concessionária responsável pela transmissão de energia elétrica na Grande São Paulo – recebeu mais de 30 mil reclamações referentes à interrupção no fornecimento. Segundo justificativas apresentadas pela empresa, mais da metade dos casos de falta de energia estão relacionados a quedas de árvores na rede elétrica.

Ao lado do banco Santander, a Eletropaulo é a empresa que menos se importa com as queixas dos consumidores, segundo o Procon paulista. Ambos deixaram de atender a aproximadamente sete de cada 10 reclamações feitas ao órgão em 2010.A  Eletropaulo não apresentou solução para pedidos de indenização de clientes referentes a prejuízos com apagões ou problemas na rede elétrica, entre outros.

No dia 8 de fevereiro, um blecaute ocorrido na cidade de São Paulo afetou o fornecimento de água para cerca de 3 milhões de pessoas. Após a queda de energia, as bombas que levam água da represa de Guarapiranga até os reservatórios que abastecem cidades da Grande São Paulo pararam de funcionar.

Em fevereiro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou concessionárias de todo o país a reajustarem a tarifa. Em algumas regiões, a conta de luz ficará até 11% mais cara. No mês anterior, outra decisão da Aneel impediu a devolução de aproximadamente R$ 7 bilhões, que haviam sido cobrados indevidamente dos consumidores.

Fonte: Radioagência NP