Cubatão suspende decreto que limita funcionamento de pátios reguladores

cidades

Nelson Antoine/Fotoarena/Folhapress

Pela manhã, Via Anchieta registrou congestionamento de 24 quilômetros

São Paulo – A prefeitura de Cubatão, na Baixada Santista, suspendeu o decreto que limitava ao horário comercial o funcionamento dos dois pátios reguladores que ficam no município. A restrição provocou um longo congestionamento ao longo do dia de hoje (28) de caminhões que seguem em direção ao Porto de Santos.

A suspensão do decreto foi acertada em uma reunião entre a prefeitura de Cubatão, a  Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) e a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes. Segundo a prefeitura, uma nova reunião na próxima terça-feira (4) deverá deliberar sobre uma alternativa para o escoamento de mercadorias em direção ao litoral.

A administração municipal diz que Cubatão é a cidade que mais sofre com os impactos da “crise logística” que afeta a Baixada. “O congestionamento de veículos ocorrido na manhã desta terça-feira foi a repetição de um problema que vem ocorrendo rotineiramente na região desde o início do ano e com proporções semelhantes”, diz a nota da prefeitura.

Pela manhã, a Via Anchieta chegou a registrar 24 quilômetros de congestionamento. À tarde o Sistema Anchieta-Imigrantes ainda tinha tráfego lento no sentido do litoral. Segundo a Codesp, os pátios reguladores têm 1.600 vagas estáticas, com giro de 3,5 mil a 4 mil caminhões durante 24 horas.

 

Leia também
Redução no horário de pátios compromete acesso a terminais de Santos, avalia Codesp