Nesta quarta

Entidades convocam população a participar da segunda edição da Marcha pela Vida

Além de eventos ao longo do dia, ponto alto da mobilização deste ano será um ato virtual com presença de lideranças da política, ciência e cultura, às 17h

onu/acnur
Os princípios que norteiam a Frente são a defesa da vida como bem mais relevante e inalienável, o estabelecimento de medidas com base na ciência e a defesa intransigente do SUS, entre outros

São Paulo – A Frente pela Vida realiza nesta quarta-feira (9) sua segunda Marcha pela Vida. O evento ocorre quando o Brasil está perto de atingir a triste marca de 500 mil óbitos causados pela covid-19, com mais de 17 milhões de casos confirmados. Um momento difícil enfrentado pela população brasileira diante do descaso do governo de Jair Bolsonaro. Segundo a organização, será um dia de mobilização com atividades virtuais realizadas por diversas entidades e organizações. O ponto alto será um ato político às 17 horas, que reunirá lideranças políticas, da ciência e da cultura.

Nesta segunda marcha o lema é “Vacina no braço, comida no prato e auxílio emergencial de R$ 600, bandeiras que unem brasileiros e brasileiras em todo o país”. Para isso, os organizadores conclamam uma ampla mobilização nacional para exigir a aceleração da vacinação, a retomada do valor do auxílio emergencial de 2020, medidas robustas de proteção social e contra fome, e o reforço das medidas de saúde pública, com fortalecimento do SUS, da educação e ciência e tecnologia públicas.

Marcha pela Vida e Fora Bolsonaro

Segundo as lideranças das Frente, a viabilização dessas políticas requer a revogação da EC 95, que asfixiou o Estado brasileiro ao congelar investimentos públicos por 20 anos. A Frente reforça também a palavra de ordem do “Fora Bolsonaro, por total compreensão de que só poderemos vencer a pandemia com o fim de seu governo genocida”.

Lançada em maio de 2020 por entidades científicas nacionais da Saúde Coletiva, Bioética, Ciência e Tecnologia e outras, a Frente Pela Vida vem promovendo posicionamentos com embasamento científico e social para auxiliar as autoridades na busca de uma melhor resposta à pandemia de covid-19.

Os princípios que têm norteado as ações da Frente são a defesa do direito à vida como bem mais relevante e inalienável da pessoa humana, o estabelecimento de medidas de prevenção e controle da pandemia com base na ciência, a defesa intransigente do SUS e valores como solidariedade, preservação do meio ambiente e da biodiversidade e democracia.

Clique e acesse o link do Manifesto no site da Frente Pela Vida


Programação

Pela manhã, as entidades farão atividades virtuais autogeridas. A sociedade será convocada a uma manifestação virtual em Brasília, por meio do aplicativo Manif (https://manif.app/).

Haverá também um tuitaço.

O Ato virtual final está marcado para as 17 horas. Para assistir, clique aqui.