ABAIXO-ASSINADO

Manifesto Artistas Pelo Impeachment é lançado. Assista agora

Iniciativa reúne mais de 2,5 mil artistas brasileiros, de vários segmentos, linguagens, regiões e perfis. Acompanhe o encontro virtual

Divulgação
Iniciativa reúne mais de 2,5 mil artistas brasileiros

São Paulo – Mais de 2.500 artistas, de vários segmentos, linguagens, regiões e perfis, prepararam um abaixo-assinado pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O manifesto, batizado de Artistas Pelo Impeachment (clique aqui para assinar), será lançado oficialmente nesta segunda-feira (10), às 18h. A live a será veiculada pelo canal dos Jornalistas Livres, e pode ser vista aqui na Rede Brasil Atual.

Já estão confirmados para a live do Artistas Pelo Impeachment apoiadores como Ailton Graça, Anna Muylaert, Avelin Buniacá Kambiwá, Dira Paes, Edgard Scandurra, Eliane Brum, Elisa Lucinda, Emicida, GOG, Ivan Lins, Lucas Afonso, Luis Miranda, Malu Gali, Marcello Airoldi, Marco Ricca, Maria Bopp, Matheus Nachtergaele, Nuno Ramos, Paulo Betti, Preta Ferreira, Renata Carvalho, Sandra Nanayna, Taciana Barros e Zeca Baleiro, dentre possíveis outros.

Divulgação
(Divulgação)

O manifesto

O texto afirma, em seu início, que “se pudessem ser enfileirados, os mortos pela covid-19, apenas no Brasil, formariam um inacreditável corredor capaz de cobrir uma vez e meia a distância entre a Terra e a Lua. Estamos no epicentro mundial da pandemia e seguimos em clara progressão. Os números do mês de abril ultrapassaram todas as métricas mundiais e a tendência é de piora no quadro. Todos os dias o país afunda, desaba, morre sufocado. O comandante deste barco que naufraga, e segue em direção aos recifes, tem nome e sobrenomes conhecidos: Jair Messias Bolsonaro”.

O manifesto encerrado convidando a sociedade brasileira a uma unificação dos diversos esforços sociais, políticos e culturais visando a “estancar o genocídio” nacional: “A democracia, hoje, não é uma abstração, é uma afirmação da cidadania e uma convocação à vida”. O texto observa que o Congresso Nacional tem mais de 100 processos de impeachment aguardando apreciação. E defende a discussão ampla de um
“processo de impugnação do atual mandato da presidência da República”.