Folia sem data

Prefeitura de São Paulo anuncia adiamento do carnaval em 2021

Festa, que movimentou quase R$ 3 bilhões na cidade em 2020, ainda não tem data definida para o ano que vem

FERNANDO FRAZÃO/EBC
Carnaval de rua se tornou uma das principais atrações turísticas de São Pailo

São Paulo – A prefeitura de São Paulo anunciou no início da tarde desta sexta-feira (24) o adiamento do carnaval de rua e dos desfile das escolas de samba em 2021 devido à pandemia de covid-19. Ainda não há nova data definida. Na semana passada, a Liga das Escolas de Samba já havia proposto à administração municipal a realização do desfile entre maio e julho, também para que as agremiações tivessem um tempo maior de preparação.

“Carnaval nos mesmos moldes de costume é impossível, já pensamos em adaptações. O que toma muito tempo e suporte financeiro é o preparo de fantasia e alegoria”, disse ao portal G1 o presidente da Liga, Sidnei Carriuolo.

Também na semana passada, a prefeitura já havia anunciado o cancelamento da festa de réveillon na cidade. Mais detalhes sobre o adiamento do carnaval devem ser dados em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, e o governador João Doria.

De acordo com dados da prefeitura, o carnaval de rua em 2020 contou com 678 desfiles, atraindo público de 15 milhões de pessoas e movimentando R$ 2,75 bilhões na economia. Com os R$ 227 milhões movimentados pelo desfile das escolas, o impacto total da festa teria alcançado R$ 2,97 bilhões.