Ajuda na pandemia

Hoje é o último dia para se cadastrar no auxílio emergencial

Prazo para pedir o benefício vai até 23h59. Das pessoas que já estão cadastradas, mais de 10 milhões ainda aguardam resposta, lembra Guilherme Boulos

Marcelo Camargo / ABr
Caixa: auxílio emergencial tem ajudado famílias a enfrentar a perda de renda durante a pandemia de covid-19

São Paulo – O prazo para se cadastrar e receber o auxílio emergencial de R$ 600 termina nesta quinta-feira (2), às 23h59, informou a Caixa Econômica Federal. O auxílio é um benefício financeiro destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda. Tem por objetivo fornecer proteção emergencial no enfrentamento da pandemia de covid-19.

“Hoje termina o prazo para cadastro no auxílio emergencial. Mais de 10 milhões de brasileiros ainda esperam resposta! O “em análise” virou a cara do descaso com os mais pobres”, afirmou o coordenador do MST, Guilherme Boulos, nas redes sociais na manhã desta quinta.

Inicialmente proposto para vigorar por três meses, com o pagamento de três parcelas de R$ 600, o benefício foi prorrogado por mais dois meses, com o pagamento de mais duas parcelas. Pelas regras, até duas pessoas da mesma família podem receber o auxílio. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente é de R$ 1.200.

Reportagem do jornal O Globo desta quinta-feira informa que o consumidor tem usado a emissão de boletos no próprio nome para transformar o crédito do auxílio emergencial em dinheiro. 

O crédito pode ser usado para o pagamento de boletos, assim que é liberado, mas o saque em dinheiro chega a demorar três meses, segundo o jornal. Para obter o boleto, o consumidor compra o serviço em instituições financeiras como NuBank, Mercado Pago e PagSeguro.

Clique aqui para fazer o cadastro no auxílio emergencial.

Com informações da Agência Brasil.


Leia também


Últimas notícias