guerreiro

Jurista Marcello Lavenère reage a tratamento contra covid-19 após 44 dias em UTI

Ex-presidente da OAB acorda do coma aparentemente sem apresentar lesão neurológica, informa boletim médico

Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados/fotos públicas
Lavenère é referência no pensamento jurídico em defesa da democracia

São Paulo – Após 44 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Arthur Ramos, em Maceió, o ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcello Lavenère acordou do coma e reage bem ao tratamento contra o coronavírus. A informação é do portal É Assim. Segundo boletim médico, Lavenère acordou aparentemente sem lesão neurológica.

“A esperança está em alta com a reação de Lavenère na luta contra a covid-19. Desde os primeiros dias no hospital ele é apontado como um guerreiro na luta pela vida”, escreveu o colunista Marcelo Firmino.

“Assim como foi em toda a sua trajetória de vida como líder dos advogados brasileiros, Lavenére vai conquistando mais uma vitória contra mais um inimigo poderoso. Neste caso específico, resistindo à covid-19 e a uma infecção hospitalar”, afirmou.

Lavenère comandava a OAB na época do processo de impeachment do então presidente Fernando Collor, em 1992. A ação foi apresentado em conjunto com a Associação Brasileira de Imprensa (ABI).