Solidariedade na pandemia

Cooperativas da economia solidária distribuem alimentos em São Paulo

Mais de 500 cestas básicas forem entregues às famílias de catadores e catadoras do ABC Paulista. Outras 90 toneladas de alimentos serão doadas a partir desta sexta (29) pela Unisol Brasil

Divulgação
"Nesse momento de pandemia que o país está vivendo, nós sabemos que as contas vão continuar chegando. E nós vamos ter mais para frente como pagá-las. A fome não. A fome tem que ser saciada neste momento", destaca presidenta da Unisol SP (à esquerda na foto)

São Paulo – Para colaborar na luta contra as consequências da pandemia, a Unisol São Paulo – Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários – distribuiu nesta quinta-feira (28), em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, mais de 500 cestas básicas para 14 cooperativas de materiais recicláveis, alimentação e artesanato, entre outros setores.

Todos os alimentos que compõem as cestas básicas foram comprados no comércio local para fortalecer a economia da região. Também foram doados kits de higiene da Cooper Selecta – cooperativa que transforma o óleo de cozinha usado em sabão.

“Nesse momento de pandemia que o país está vivendo nós sabemos que as contas vão continuar chegando. E vamos ter mais para frente como pagá-las. A fome, não. A fome tem que ser saciada neste momento”, destaca a presidenta da Unisol SP, Nany Charlotte, em vídeo enviado para o Seu Jornal, da TVT. “Estamos trazendo um pouco para os nossos empreendimentos e para essas pessoas que estão necessitando neste momento.” 

Rede de solidariedade nacional

Toda a ação de distribuição das cestas básicas respeitou as orientações de distanciamento social, sem aglomerações ou abraços. Uma das exigências para o beneficiado receber os produtos era a de estar com equipamento de proteção. O cuidado também se repete nas demais ações que vêm sendo organizadas pelas cooperativas da economia solidária em todo o país. 

A partir desta sexta (29) ainda, a Associação de Agricultura Natural de Campinas e Região (ANC), em parceria com a Unisol Brasil e as Cooperativas Entre Serras e Águas e a Central do Vale do Ribeira, doarão mais de 90 toneladas de alimentos adquiridos de 54 empreendimentos da agricultura familiar

Divulgação
Produtos que compõem a cesta de alimentos são oriundos da agricultura familiar

Mais de 20 mil pessoas das regiões do ABC, Campinas e Bragança Paulista serão beneficiadas. A iniciativa integra o programa Vamos Ajudar – Covid-19, apoiado pela Fundação Banco do Brasil, entre outros parceiros. 

Em abril, a Coopercentral doou também 26 toneladas de produtos da agricultura familiar ao Banco de Alimentos da prefeitura de São Paulo. À época, o presidente da Unisol Brasil, Leonardo Pinho, já observava que toda a rede de solidariedade formada durante essa crise deixaria uma grande lição ao país. “Precisamos sair dessa crise construindo uma economia solidária no Brasil. Uma economia centrada no trabalhador e na trabalhadora, centrado no bem comum, na solidariedade.” 

TVT acompanhou a articulação da entidade no Rio Grande do Sul, onde 1.240 cestas de alimentos e materiais de higiene foram entregues a 620 famílias de nove municípios. Outras 600 famílias de nove cidades da Bahia também foram beneficiadas pelo Projeto Ecoforte da Unisol, com outras associações.