Aula prática

Metalúrgicos da CUT levam universidade ao chão da fábrica em São Bernardo do Campo

Realizado pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos, curso "Política, Trabalho, Democracia, Participação e Ação Sindical" debateu ainda a conjuntura social e econômica do país

TVT/Reprodução
Série de palestras também estimulam atuação dos metalúrgicos na transformação social e em defesa da democracia, como no passado

São Paulo – Com intuito de aproximar a universidade do chão de fábrica, a Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT) realizou, nesta quarta-feira (23), na fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, o curso Política, Trabalho, Democracia, Participação e Ação Sindical, voltado para a qualificação profissional e cidadã dos trabalhadores, representantes de comissões de fábricas e dirigentes metalúrgicos. Entre os temas, a conjuntura política e econômica ganhou destaque. O professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Joelson Gonçalves de Carvalho alertou os participantes sobre a atuação do governo Bolsonaro. “(A conjuntura) ou vem carregada de um viés classista, que não interessa aos trabalhadores, ou vem crivada de diversas palavras e linguagens alheias à classe trabalhadora”, afirma.

Representantes de comissões de fábrica do interior paulista também participaram do ciclo de palestras, que destacou a importância de resistir contra os ataques aos trabalhadores no próprio local de ofício. O objetivo é que, assim como no passado, os metalúrgicos atuem como agentes de transformação social e restabelecimento da democracia. “Toda a ação que a gente impulsiona é um estímulo à ação política”, aponta a assessora de formação da CUT Nacional Ana Paula Melli.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos, Vanderlei Aparecido Strano, que veio do interior para participar do evento, ressaltou sua importância. “Nesse momento, começar a ampliar o debate político no chão de fábrica, dentro dos espaços que construímos, falar da organização no local de trabalho é para gente conseguir e tentar avançar e manter aquelas conquistas pelas quais lutamos tanto durante muito tempo”, ressalta.

Assista à reportagem da TVT