Feminismo negro

Angela Davis terá conferência exibida em saguão do Sesc Pinheiros

Ativista dá palestra dia 19 no seminário ‘Democracia em Colapso?’. No dia 21, Auditório Ibirapuera se abre para norte-americana falar da luta por liberdade

Juh Almeida/Jornalistas Livres
Angela Davis estará no Brasil na próxima semana: 'Mulheres negras representam o futuro, mulheres negras são a esperança de liberdade'.

São Paulo – Ingressos esgotados em poucos minutos. Referência do feminismo negro em todo o mundo, a filósofa e ativista Angela Davis fará o encerramento, no sábado da próxima semana (19), do Seminário Internacional Democracia em Colapso?, promovido pela editora Boitempo e pelo Sesc São Paulo. Quem não conseguiu ingresso para a apresentação, poderá acompanhar a escritora norte-americana na conferência A liberdade é uma luta constante, no saguão do Sesc Pinheiros. Um telão será instalado no local para exibição gratuita da palestra de Angela e com tradução para o português. Também haverá transmissão ao vivo da apresentação pelas redes sociais da Boitempo e pelo Sesc. A Rede Brasil Atual é uma das apoiadoras do evento.

Pela primeira vez em São Paulo, a escritora promove, ainda, o lançamento do seu livro Uma Autobiografia, pela Boitempo. O seminário internacional tem início na terça-feira (15) e contará ainda com nomes como Michael Löwy, Patricia Hill Collins, Silvia Federici, Vladimir Safatle, Raquel Carvalho, pastor Henrique Vieira, Ferréz, Christian Dunker, Eduardo Moreira, Juca Kfouri e Maria Rita Kehl, entre cerca de 50 intelectuais e ativistas do Brasil e de outros países.

• Angela Davis vem ao Brasil para ciclo sobre colapso da democracia 
• Patricia Hill Collins, autora de ‘Pensamento Feminista Negro’, vem ao Brasil da menina Ágatha
• Violência de Estado é a face visível do entulho autoritário que persiste no país

Além do ciclo de 12 debates e palestras, um curso de quatro aulas com Marilena Chauí, Antonio Carlos Mazzeo, Virgínia Fontes e Luis Felipe Miguel discute o tema A democracia pode ser assim: história, formas e possibilidades.

Esta será a quinta edição da parceria entre Sesc e Boitempo. A programação completa está em www.democraciaemcolapso.com.br .

No Ibirapuera e no Rio

O Auditório Ibirapuera abrirá suas portas para a área externa do parque, às 19h da outra segunda-feira (21), para nova conferência de Angela Davis. A capacidade é de 15 mil pessoas. Os comentários serão da pesquisadora Raquel Barreto (prefaciadora da edição brasileira da autobiografia de Davis) e mediação de Christiane Gomes (Fundação Rosa Luxemburgo).

A filósofa encerra sua passagem pelo país na quarta-feira (23), no Rio de Janeiro. A organização informou, nesta segunda-feira (14), que a programação mudou. Está mantida a conferência aberta A liberdade é uma luta constante, às 19 horas, mas será no Cine Odeon, na abertura do Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul: Brasil, África e outras Diásporas. Esse é o maior evento audiovisual destinado para obras e realizadores negros da América Latina. Lá, Angela Davis fará ainda o lançamento de seu livro Uma Autobiografia e receberá a Medalha Tiradentes, concedida pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, por iniciativa da deputada estadual Renata Souza (Psol).

No Rio, a parceria da Boitempo é com o Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul e o Armazém da Utopia. Haverá telão para a Cinelândia e streaming.

*atualizada às 13h10 de 14 de outubro de 2019

 

Leia também

Últimas notícias