Home Cidadania A cada hora, oito pessoas desaparecem no Brasil
Drama

A cada hora, oito pessoas desaparecem no Brasil

Estado de São Paulo lidera o número de casos, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Presidenta da ONG Mães da Sé aponta descaso do poder público
Publicado por Redação RBA
Compartilhar:   
Arquivo EBC
Desaparecimento de crianças

Pelo artigo 87 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cabe ao município a criação de políticas para localização

São Paulo – Pelo menos oito pessoas desaparecem por hora no Brasil, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública para uma pesquisa do Comitê Internacional da Cruz Vermelha. O levantamento mostra que, de 2007 a 2016, 693.076 boletins de ocorrência registraram o sumiço de pessoas, uma média de 190 por dia.

O estado de São Paulo lidera as estatísticas do período, com 242 mil desaparecimentos. Na avaliação da presidenta da ONG Mães da Sé, Ivanize Santos, o quadro, além de preocupante, é resultado direto do descaso com que são tratados os casos pelas esferas governamentais. “Nós vivemos no estado mais rico da federação e que não tem políticas públicas voltadas para o amparo às famílias que perderam um ente querido por desaparecimento”, afirma Ivanize, em entrevista ao Seu Jornal, da TVT (vídeo abaixo).

Há 23 anos na luta pela causa, desde que sua filha, então com 13 anos, desapareceu, Ivanize cobra do poder público o cumprimento da legislação definida, por exemplo, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que, no artigo 87, atribui ao município a responsabilidade de criar mecanismos para a localização de jovens desaparecidos. “Quem é que sai prejudicado com essa ausência, abandono e negligência? Somos nós”, lamenta a presidenta da ONG Mães da Sé.

Em 2017, o ano terminou com 82.684 registros de desaparecimentos, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública – naquele ano a média foi de 226 desaparecimentos por dia no país.

Em 2012, a Rede Brasil Atual publicou uma série de reportagens sobre desaparecimento e tráfico de pessoas. Confira:

Acolhida no país pode ser a retomada para quem chegou ao fim da linha no exterior

Exploração cruel: ao sair do puro debate, comitê de SP leva ‘choque de realidade’

Combate ao tráfico humano: falta modelo no mundo e legislação adequada no Brasil

CPI quer ‘escandalizar’ o tráfico de pessoas para despertar a sociedade

CPI do Tráfico de Pessoas aprova quebra dos sigilos de suspeitos de adoções ilegais

Itamaraty: pessoas traficadas podem ser ajudadas, onde quer que estejam

Mulheres são 80% das vítimas de tráfico de pessoas no Brasil

País tem 241 rotas de tráfico humano: maior concentração em regiões pobres

Internet tem quase mil sites de aliciamento

‘Sociedade cega, surda e muda’, mais que uma simples força de expressão

Traficar pessoas nas rodovias é estratégia dos criminosos; PRF busca inteligência

 

Assista à entrevista de Ivanize Santos na TVT