Home Cidadania Frente Brasil Popular avalia atuação dos movimentos contra conservadorismo
Retrocesso

Frente Brasil Popular avalia atuação dos movimentos contra conservadorismo

Representantes de várias entidades se reúnem neste fim de semana em São Paulo e devem aprovar agenda de mobilização
Publicado por Redação RBA
16:33
Compartilhar:   
fbp
frente brasil popular.jpg

Frente Brasil Popular: encontro vai fazer balanço das mobilizações “em defesa dos direitos, da democracia e da soberania”

São Paulo – A Frente Brasil Popular (FBP) realiza neste fim de semana sua terceira conferência nacional, com o objetivo de avaliar a atuação dos movimentos sociais em um momento de ascensão do conservadorismo no país, representado, principalmente, pela eleição de Jair Bolsonaro. O lema do encontro, que será realizado na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema, na região metropolitana de São Paulo, é “em defesa dos direitos, da democracia e da soberania”.

Entre os nomes confirmados para participar no evento, estão os ex-ministros Alexandre Padilha e Gilberto Carvalho. O evento ocorre em meio a polêmicas relacionadas aos 55 anos do golpe, que o governo pretende comemorar. Será um “grande encontro da esquerda brasileira”, diz o secretário de Movimentos Populares do PT, Ivan Alex. 

Representantes dos movimentos também vão discutir uma agenda para os próximos meses. A prioridade, neste momento, é impedir a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6, de “reforma” da Previdência Social. Ontem, depois de dias de rusgas entre Executivo e Legislativo, o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) foi indicado como relator da PEC na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. A CCJ pretende votar a proposta em 17 de abril. 

Na próxima quarta-feira (3), o ministro da Economia, Paulo Guedes, participará de debate no colegiado. As centrais sindicais afirmam que vão organizar uma greve geral caso o governo insista em pôr o projeto em votação.