Home Cidadania Movimento cobra instalação de bebedouros públicos no centro de São Paulo
matando a sede

Movimento cobra instalação de bebedouros públicos no centro de São Paulo

Projeto tem como objetivo atender as 20 mil pessoas em situação de rua e que não possuem acesso a água potável
Publicado por Redação RBA
10:15
Compartilhar:   
Rovena Rosa/Agência Brasil
Moradores de rua

Requerimento do movimento também pede a instalação de banheiros químicos na cidade

São Paulo – A capital paulista possui 20 mil pessoas vivendo em situação de rua e uma das dificuldades diárias dessa população é conseguir água potável. Para aliviar o problema, o Movimento Estadual da População em Situação de Rua enviou um projeto à comissão especial da Câmara Municipal, para a instalação de bebedouros públicos.

O requerimento foi enviado à Comissão de Direitos Humanos e Cidadania e cobra a instalação de bebedouros na região central de São Paulo. “A gente sugere a instalação em alguns pontos de maior concentração da população de rua, como a Praça da Sé, nos largos do Arouche e da São Bento. Nós solicitamos oitos bebedouros para atender a comunidade”, afirmou o presidente do movimento, Robson César Correia.

O requerimento também pede a instalação de banheiros químicos. A ideia é que o texto seja apresentado na próxima semana, durante a primeira reunião dos vereadores na comissão. “O projeto é apresentado, a comissão aprova e, logo em seguida, chamamos a secretaria de Direitos Humanos para poder conversar sobre o assunto. Não precisa ser uma legislação, pode ser algo incorporado no orçamento da prefeitura”, explicou a vereadora Juliana Cardoso (PT).

Enquanto o projeto tramita, Francisco Lourenço da Costa, que está em situação de rua, espera que o bebedouro público não seja uma miragem. “Devido à circunstância que a gente se encontra, você vai pedir uma doação de um copo de água e a pessoa toca você do recinto”, relatou.

Assista à reportagem do Seu Jornal, da TVT