vaquinha virtual

Para manter atual sede, Barão de Itararé lança campanha solidária

Espaço é referência para atividades dos movimentos sociais e da mídia alternativa

DIVULGAÇÃO
Campanha Barão de Itararé

Barão de Itararé terá uma importância ainda maior diante de um governo federal autoritário, com o presidente eleito Jair Bolsonaro

São Paulo – O Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, um dos principais personagens na luta pela democratização da comunicação, abriu um crowdfunding para manter sua sede física, localizada no centro de São Paulo. 

O espaço na Rua Rego Freitas é referência para atividade dos movimentos sociais e da mídia alternativa, com a realização de seminários, debates, coletivas de imprensa e cursos. 

De acordo com o jornalista Altamiro Borges, a partir de 2019, o Barão de Itararé terá uma importância ainda maior diante de um governo federal autoritário, com o presidente eleito Jair Bolsonaro. “O próximo período será muito difícil para o movimento social brasileiro, com ataques à liberdade de expressão. Então, teremos dificuldade para manter a sede do Barão, que é referência para os movimentos sociais e o mundo da cultura”, afirma.

Os recursos arrecadados na “vaquinha virtual” serão destinados para cobrir as despesas de aluguel e manutenção da sede do Barão de Itararé por um ano. A meta é arrecadar R$ 50 mil. As doações vão de R$ 30 a R$ 1 mil, com bonificações aos colaboradores.

Passaram pela nossa sede nomes como os do ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, do linguista e filósofo norte-americano Noam Chomsky, do relator para a liberdade de expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, Edson Lanza, e de inúmeros intelectuais, artistas, economistas, lideranças sociais, entre os quais: Bresser Pereira, Luiz Gonzaga Belluzo, Laura Carvalho, Celso Amorim, Samuel Pinheiro Guimarães, Tico Santa Cruz, Sérgio Mamberti, Fernando Haddad, Jessé de Souza, Manuela D’Ávila, Roberto Requião, Luciana Santos, Jandira Feghali, Wadih Damous, Dilma Rousseff, Eugênio Aragão, Sérgio Gabrielli, Emiliano José, e muitos mais.