Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2018 / 05 / Polícia faz reintegração de posse em ocupação na zona sul de São Paulo

sem-teto

Polícia faz reintegração de posse em ocupação na zona sul de São Paulo

Ocupação na Vila Natal foi feita no último sábado (5), após quebra de promessa do governo do estado
por Redação RBA publicado 10/05/2018 11h54, última modificação 10/05/2018 14h05
Ocupação na Vila Natal foi feita no último sábado (5), após quebra de promessa do governo do estado
FLM/FACEBOOK
ocupação zona sul.jpg

Reunião do movimento está marcada com representantes da gestão estadual e municipal no próximo dia 26

São Paulo – A Polícia Militar realizou na manhã desta quinta-feira (10) uma reintegração de posse numa ocupação com 420 famílias na Vila Natal, na zona sul de São Paulo. Segundo Felícia Mendes Dias, coordenadora da Frente de Luta por Moradia, o terreno está ocioso há no mínimo cinco anos, e o projeto de moradia está parado pelo governo estadual.

A ocupação havia sido feita no último sábado (5), por uma quebra de promessa do governo do estado. "A gente tem uma parceria com o governo estadual que prometeu um projeto que atenderia famílias na região, mas está parado há cinco anos. Então, viemos para reivindicar a retomada da obra", explica Felícia, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

A coordenadora relata que a polícia desfez os barracos sem deixar os moradores tirarem os pertences, que foram levados em caminhões. "Ao invés de ficar despejando famílias e sem-teto, por que não pegam o dinheiro desviado e constroem unidades habitacionais para as famílias? Por que não pega o dinheiro de auxílio-moradia de juiz e reverte em moradia para o povo? Isso, sim, é uma violência", critica. 

Segundo ela, uma reunião está marcada com representantes da gestão estadual e municipal no próximo dia 26. "Não sei qual vai ser o comprometimento conosco, porque estamos esperando há anos e nada acontece", afirma.

Ouça: